NA TERRA DO PADIM CIÇO: Média diária de mortes por Covid-19 em Juazeiro do Norte cai 61%; média de casos também reduz ~ Portal do Helvécio Martins

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

NA TERRA DO PADIM CIÇO: Média diária de mortes por Covid-19 em Juazeiro do Norte cai 61%; média de casos também reduz


De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Município, a média caiu de 3,7, entre os dias 25 de julho a 1º de agosto, para 1,42 entre os dias 1º a 8 deste mês. Os registros de novos casos caiu 25% em igual intervalo 


Após passar pelo pico da doença, registrado em julho, Juazeiro do Norte começa apresentar uma tendência de queda nos indicadores de morte e infectados pela Covid-19. Conforme os dados epidemiológicos da Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte, o Município apresentou, na última semana, redução na média de casos confirmados por dia, assim como no número de óbitos.

A média de óbitos regrediu mais de 60%. Entre os dias 25 de 1º de agosto, foram 26 vítimas na terra do Padre Cícero, que dá uma média de 3,7 morte/dia. Já na última semana (1º a 8 de agosto), este número caiu para dez mortes decorrentes do novo coronavírus. O valor representa uma média de 1,42 óbitos por dia. 

Já a média de infectados caiu, em igual intervalo, de 195 por dia, para 146,14. Essa redução tem sido registrada ao longo das quatro últimas semanas.

  • De 1º a 8 de agosto. Casos: 1.023. Média de casos/dia: 146,14. Óbitos: 10;  
  • De 25 de julho a 1º de agosto. Casos: 1.365. Média casos/dia: 195. Óbitos: 26  
  • De 18 a 25 de julho. Casos: 1581. Média casos/dias: 225.8. Óbitos: 22  
  • De 11 a 18 de julho. Casos: 2.088. Média casos/dia: 298,28. Óbitos: 26

Atenção  

A diretora de Vigilância em Saúde de Juazeiro do Norte, Evanusia de Lima, observa, porém, que embora ocorra essa tendência de queda, tanto em casos como em óbitos, ainda sem estabilidade. “Os números estão instáveis. Hoje posso ter 180, amanhã 150, depois 90 casos. Aí sobem de novo. Não há regularidade de queda. Para conseguir, precisamos ter um número de X de 15% para mais ou para menos”, detalha.

Ela admite que houve uma diminuição na procura dos testes rápidos nas unidades, mas, em contrapartida, a Secretaria da Saúde de Juazeiro do Norte começou a descentralizar os diagnósticos para os grupos de risco através da estratégia de saúde da família. “Não podemos dizer que a queda (de casos) é por isso”, adverte Evanusia.

A gente percebe que a maioria que evolui para óbito passa muito tempo hospitalizado. Não podemos relacionar a crescimento ou redução nos últimos 14 dias, mas ao tratamento (que evoluiu)”, completa a diretora.  

Com 31.846 pessoas já testadas, Juazeiro do Norte já examinou 11,62% de sua população, estimada em 274 mil pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o último boletim epidemiológico, 9.029 pessoas já estão recuperadas, o que representa 74,7% do número total de infectados.  

Juazeiro do Norte soma 12.086 casos confirmados, segundo dados a Secretaria da Saúde municipal. Já conforme o IntegraSus, plataforma oficial da Secretaria da Saúde do Estado, Juazeiro tem hoje 11.767 casos. A diferença nos números deve-se ao tempo em que a Sesa leva para incorporar os dados recebidos de alguns municípios. A medida em que os números vão sendo atualizados, ambos os boletins - municipal e estadual - caminham para um número uniforme. 

DIARIO DO NORDESTE

 

0 comentários:

Postar um comentário