FORTALEZA NOTÍCIA BOA: Hospital de campanha de Fortaleza destinado a pacientes com Covid-19 começa a ser desmontado ~ Portal do Helvécio Martins

quarta-feira, 1 de julho de 2020

FORTALEZA NOTÍCIA BOA: Hospital de campanha de Fortaleza destinado a pacientes com Covid-19 começa a ser desmontado


Hospitais de campanha de Fortaleza destinados ao atendimento de pacientes com Covid-19 registram redução nas internações e começam a ser desmontadosConsiderada o epicentro de contaminação pela Covid-19, desde março, mês em que os casos da doença começaram a ser diagnósticos no Ceará, Fortaleza é a primeira cidade do Estado a apresentar redução nas internações por coronavírus. Profissionais da saúde comemoram a diminuição da propagação com o esvaziamento desses pacientes nos hospitais.
O Hospital de Campanha da Unimed será desmontado já na terça-feira (30). Já algumas alas do Hospital do Coração de Messejana que atendiam aos pacientes contaminados com o novo coronavírus e que auxiliavam os 35 leitos do hospital de campanha daquela unidade foram devolvidas para atender a pacientes com problemas cardiológicos. Os demais hospitais de campanha, como o montado no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, e o montado no estacionamento do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), continuam operando.
Hospital desmontado
O presidente da Unimed Fortaleza, Elias Leite fala sobre a batalha travada contra o coronavírus. "Muitas vezes entrei aqui (no hospital de campanha da Unimed Fortaleza) e estava lotado de pacientes, alguns graves. Muitas vezes a sensação era de medo, impotência, mas nunca deixamos de lutar e agora estamos há três semanas sem nenhum paciente aqui no hospital de campanha. Por isso estamos partindo para desmontá-lo", revela.
unidade de saúde que começa a ser desmontada nesta terça-feira (30) foi instalada no  estacionamento do Hospital Unimed (Avenida Visconde do Rio Branco). O equipamento, construído em uma semana, foi entregue no dia 29 de março. A unidade contava com 720 m² e 44 vagas de leitos de internação ou medicação, além de uma área de triagem, para atender pacientes com suspeita de coronavírus.
Conforme a diretora geral do Hospital Regional Unimed e professora do curso de Medicina da Universidade de Fortaleza, Fernanda Colares, há três semanas que o hospital de campanha está sem utilização, por isso será desmontado. "O equipamento será desmontado, mas continuamos com unidades de internação dentro do hospital Unimed para atender com maior conforto os pacientes com coronavírus", destaca a pediatra.
A médica também chama a atenção da população para os cuidados no sentido de evitar a contaminação pelo vírus. Afinal, ainda não tem vacina para combater à Covid-19.
"Os números reduziram, mas os cuidados básicos, a exemplo do uso de máscara, álcool em gel, lavar bem as mãos com sabão, higienizar bem os alimentos e manter a limpeza dos ambientes são fundamentais", ressalta. 
Hospital do Coração de Messejana foi uma das unidade de saúde de Fortaleza a disponibilizar 297 leitos (todos equipados com respiradores), exclusivos para atender pacientes com Covid-19. 
De acordo com atualização do boletim do dia 5 de maio até esse domingo, 28, os postos e unidade de campanha montados no hospital, atenderam 932 pacientes. Desse total foram contabilizados 545 recuperados e 387 óbitos.
Com a redução dos atendimentos por Covid-19, que atualmente ocupam 137 dos 297 leitos, a direção do hospital começa a esvaziar as alas destinadas a essa demanda. Segundo a coordenadora do posto 3, Laura da Escóssia (unidade que faz parte da emergência do hospital do Coração de Messejana), as unidades B, C, I e os postos 2 e 3 estão desocupados, desinfectados e liberados para receber pacientes cardiológicos.

0 comentários:

Postar um comentário