Com avanço no interior, apenas um em cada três casos de Covid-19 no Ceará é registrado em Fortaleza ~ Portal do Helvécio Martins

terça-feira, 23 de junho de 2020

Com avanço no interior, apenas um em cada três casos de Covid-19 no Ceará é registrado em Fortaleza

Migração do coronavírus para o Interior do Estado segue dinâmica natural. Com o crescimento de casos e óbitos, Sobral e Juazeiro encaram lockdown. Acesso à informação e assistência estruturada são maior desafio em localidades mais distantes.


A expansão da Covid-19 para municípios do interior do Ceará, principalmente desde o fim de maio, preocupa especialistas em saúde pública e autoridades. Em 21 de março, 80% dos casos se concentravam em Fortaleza. Três meses depois, em 21 de junho, o índice caiu para 35%, ou seja, apenas um em cada três casos confirmados no Estado foi registrado na capital cearense.


A pandemia do coronavírus no Ceará se espalhou da área nobre na orla de Fortaleza para bairros periféricos da cidade e, daí, pela Região Metropolitana. Desde a última semana de maio, a doença ganhou força na Região Norte e transita para o Centro-Sul do Estado, levada sobretudo pelos modais rodoviários, na avaliação de especialistas ouvidos pelo G1.


O boletim epidemiológico mais recente da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) revelou que todas as Áreas Descentralizadas de Saúde (ADS) apresentaram incremento na incidência de casos confirmados na última semana, com destaque às regiões de Iguatu (78%), Juazeiro do Norte (61,8%), Crateús (52,5%) e Crato (43,6%).


A Pasta indica que, embora o número de reprodução da doença (média de pessoas infectadas a partir de um caso) esteja abaixo de 1,0 no Ceará, está “em torno de 1,0” no Litoral Leste e Jaguaribe, Sertão Central e Cariri. O dado “pode significar manutenção das cadeias de transmissão e consequente continuação da epidemia”, explica.



0 comentários:

Postar um comentário