segunda-feira, 22 de abril de 2019

SAÚDE: Vacinação contra a gripe vai até dia 31 de maio

A Campanha de vacinação contra a Gripe para idosos com 60 anos ou mais, mulheres com até 45 dias pós-parto, doentes crônicos, trabalhadores da saúde, população indígena, adolescentes e jovens sob medida socioeducativa, população carcerária e funcionários do sistema prisional e professores de escolas públicas e particulares teve início na manhã desta segunda, 22.
No Centro de Saúde Meireles, a movimentação da população para ser vacinada começou às 7 horas, quando já havia uma pequena fila de pessoas, maioria idosos. Uma delas era a aposentada Socorro Araújo, 69 anos, e moradora do Meireles. Ela conta que sempre se vacina logo no primeiro dia da campanha para “evitar mais rápido a doença e ficar livre para voar”. A aposentada considera que “vacinar é proteger com certeza, pois quem ama e quem gosta da vida se protege”.
No dia 10 de abril a campanha começou para crianças de 6 meses a menores de 6 anos e gestantes. O Ceará já aplicou 142.780 doses em crianças e 24.680 em gestantes até às 13 horas desta segunda, dia 22. A vacinação segue até 31 de maio. A meta do Ceará é vacinar 2.509.776 dos grupos prioritários. Para acompanhar a cobertura online da campanha de vacinação é só clicar aqui.
“Quem está doente é importante esperar os sintomas cessarem e aí pode procurar a vacina para que não haja confusão entre os sintomas, a evolução da doença e a vacina”, lembra Daniele Queiroz, Coordenadora da Vigilância em Saúde.
A vacina contra a influenza é trivalente. Protege contra H1N1, H3N2 e B/Colorado/06/2017. A influenza é uma doença sazonal, mais comum no inverno. No Brasil, devido às diferenças climáticas e geográficas, podem ocorrer variações nas intensidades de sazonalidade da influenza e em períodos distintos nos estados.
“A reação de vacina é leve. Não tem capacidade de fazer com que a pessoa adoeça de gripe, pois a vacina é composta de partículas de vírus e essas partículas não têm capacidade de causar a doença”, diz Daniele Queiroz.
Todos os anos a aposentada Clara Rosa, 81 anos, se vacina contra a gripe. Antes de ir para academia como faz diariamente, ela foi ao Centro de Saúde Meireles . “Minha caderneta de vacinação está em dia”. Clara aproveitou e deixou um recado para os grupos prioritários: “Ninguém deixe de se vacinar porque é muito importante para se prevenir”.

Forças de segurança

O Ministério da Saúde anunciou nesta segunda-feira, 22, que profissionais das forças de segurança e salvamento passam a fazer parte do público-prioritário da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza. Eles totalizam cerca de 900 mil pessoas, de acordo com a pasta. Para garantir essa ampliação, o Ministério está adquirindo mais um milhão de doses da vacina, além das já previstas, com o Instituto Butantan, responsável pela produção do imunobiológico.
Governo do Ceara

0 comentários:

Postar um comentário