Portal de Notícias do Helvécio Martins

Direto da Fonte com Notícias Políticas

Portal de Notícias do Helvécio Martins

Direto da Fonte com Notícias e com muitas informações policiais

Portal de Notícias do Helvécio Martins

Direto da Fonte com as Notícias dos Esporte Nacional e Internacioal

Portal de Notícias do Helvécio Martins

Direto da Fonte com Notícias do Brasil e do Mundo

Portal de Notícias do Helvécio Martins

Direto da Fonte com Notícias Religiosas pra você ficar bem informado

segunda-feira, 5 de agosto de 2019

FAMÍLIA BOLSONARO: Em 8 anos o clã Bolsonaro nomeou 102 pessoas com laços familiares em seus gabinetes

Levantamento feito pelo O Globo mostra que, desde 1991, quando Jair Bolsonaro assumiu seu primeiro mandato como deputado e deu início à trajetória da família na política, ele e seus três filhos, Flávio, Carlos e Eduardo, empregaram mais de uma centena de funcionários com parentesco ou relação familiar entre si.
ao menos 102 possuem algum parentesco ou relação familiar entre si (35%), e vários deles com indícios de que não trabalharam de fato nos cargos.
"O primeiro caso que veio à tona é o da família do policial militar da reserva Fabrício Queiroz, ex-assessor que emplacou sete parentes em três gabinetes da família Bolsonaro (Flávio, Carlos e Jair) desde 2006. Uma que não era conhecida até agora é Angela Melo Fernandes Cerqueira, ex-cunhada de Queiroz. Em abril, os oito tiveram o sigilo quebrado em investigação do Ministério Público do Rio (MP-RJ) sobre a prática, na Assembleia Legislativa (Alerj), de 'rachadinha' — apropriação de parte do salário dos funcionários", conta a reportagem.
Na investigação sobre a suposta prática de 'rachadinha', 64 dos 286 funcionários tiveram sigilo quebrado a pedido do MP-RJ. "No fim do ano passado, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) apontou 'movimentação atípica' de R$ 1,2 milhão, entre 2016 e 2017, nas contas de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio. O Coaf também identificou, em outro relatório, depósitos fracionados, em dinheiro, em um período de um mês, que somam cerca de R$ 96 mil na conta de Flávio. No mês passado, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, concedeu liminar, em resposta a um pedido de Flávio, suspendendo investigações baseadas em compartilhamento de dados do Coaf sem autorização judicial prévia", diz O Globo.
O Globo



TORCIDA VASCAINA DE LUTO: Ex-presidente do Vasco, Antônio Calçada morre aos 96 anos, no Rio

O ex-presidente do Vasco da Gama, Antônio Soares Calçada, morreu hoje (5) aos 96 anos, no Rio de Janeiro. Mandatário que ficou mais tempo à frente do clube por 18 anos, Calçada morreu vítima de complicações causadas por uma infecção abdominal.
 
Ele ocupou o cargo de 1983 a 2000, um dos períodos mais vitoriosos da história do clube. Sob sua presidência, o Vasco foi tricampeão brasileiro (1989, 1997 e 2000), campeão da Copa Libertadores (1998) e de uma Copa Mercosul (2000), além de seis campeonatos estaduais.
 
Nascido em Portugal em abril de 1923, Calçada chegou ao Brasil em 1935 e ingressou no quadro social do clube em 1942. Segundo informações do site do Vasco, com a morte de Calçada, o único ex-presidente do clube ainda vivo é o ex-jogador Roberto Dinamite.

Agência Brasil

MARRUÁS - TAUÁ: Depois de apagar incêndio de grandes proporções Bombeiros alertam

A guarnição de serviço da 3ª Companhia do 3º Batalhão de Bombeiros Militares (3ª Cia/3º BBM), quartel sediado em Tauá, nesta quinta-feira (1º), por volta das 12h15min, foi acionada para uma ocorrência em incêndio em vegetação. A ocorrência foi registrada na localidade Todos os Santos, distrito de Marruás, interior do município de Tauá, na Área Integrada de Segurança 22 (AIS 22).
A guarnição chegou ao local por volta das 13h15min, que fica distante a 54 km da sede da guarnição. De imediato, a viatura Auto Bomba Tanque 49 (ABT 49) e a viatura Resgate 39 foram posicionadas em um ponto estratégico para defender uma vila de casas que estavam na linha do incêndio. Conforme os militares que atenderam a ocorrência, se não fosse essa ação, muitas casas teriam sucumbido pelas labaredas. Por causa da fumaça, muitos populares passaram mal, além da aflição de virem o incêndio avançando rápido para suas residências. No entanto, os bombeiros conseguiram controlar o incêndio e nenhuma casa foi atingida.
O incêndio foi debelado por volta das 17horas, por causa da dificuldade de acesso para a guarnição, e, totalmente extinto cinco horas depois. Ao final da ocorrência, foi possível contabilizar que este Incêndio foi de grandes proporções, considerando que foi consumida uma área aproximada de 45 hectares, destruindo roças de milho, cercados e muito pasto destinado a animais. O incêndio não alcançou os animais, pois a população local conseguiu arrebentar a cerca liberando os animais (vacas) para que esses não fossem mortos devido à ação do incêndio.
O combate se deu por meio da utilização de abafadores, bomba costal, ciscador e outros materiais de sapa, além de 10 mil litros de água do ABT 49, que necessitou ser abastecida em uma oportunidade. A guarnição retornou à base após o rescaldo por volta da meia-noite. A guarnição que atendeu a ocorrência foi composta pela major Mônica, capitão Albuquerque, sargento Martiniano, sargento Ladston, sargento Eduardo, soldado Arlenilson, soldado PAULO Gurgel, soldado Rodrigues.
Cenário
Considerando que o Estado do Ceará localiza-se no semiárido, com baixas precipitações (chuvas), principalmente no período do segundo semestre, tornando mais propicias as queimadas na vegetação. “Incêndio florestal é todo fogo sem controle que incide sobre qualquer forma de vegetação, podendo ser tanto provocado pelo homem ou por causa natural”, ressalta a major MÔNICA, comandante da 3º Companhia do 3º Batalhão de Bombeiros Militares do CBMCE.
Prevenção
As queimadas são uma grande questão ambiental e a prevenção é essencial para que o meio ambiente seja preservado. Sobre o tema, o Corpo de Bombeiros Militar sugere algumas atitudes para evitar que essas queimadas ocorram ou mesmo se propaguem:
 Nunca jogar resto de cigarro ainda acesso, por menor que seja, em locais onde haja vegetação, menos ainda se esta vegetação estiver seca;
 Para as pessoas que viajam bastante, evitar jogar lixo pela janela do carro é essencial para que as queimadas sejam evitadas, pois o lixo jogado poderá servir de alimento para o fogo;
 Em caso de acampamentos, a fogueira precisa ser feita em locais onde não haja vegetação, principalmente seca ou a faça bem perto de um rio, observando o sentido do vento para que as centelhas desse fogo ou fumaça possam iniciar um incêndio florestal;
 Nunca se deve soltar balão, em hipótese alguma, pois estes também são um dos maiores causadores de queimadas e, por isso, não soltá-los é uma maneira de evitá-las;
 Nunca usar fogo para queima de lixo ou para a limpeza de plantação;
 Próximo às estradas e torres de transmissão, o ideal é providenciar uma aceiro (limpeza de um terreno em volta de propriedades, matas e coivaras, para impedir propagação de incêndios) nas proximidades, de modo a evitar, em caso de incêndio, que este se alastre.
No Estado do Ceará, a grande maioria dos incêndios em vegetação é por ação humana, onde 69,1% dos incêndios florestais são causados por incendiários, ou seja, com intenção de queimar, conforme BATISTA, A.C. e NUNES, J.R.S. (Eds.). Incêndios florestais no Brasil: estado da arte. Curitiba, 2009. Lembrando que incêndio florestal é um crime ambiental tipificado no Código Florestal.

CENTRO SUL: PCCE Polícia Civil recupera 75 celulares em operação desencadeada em Iguatu


Setenta e cinco celulares foram recuperados pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) de janeiro a julho deste ano, no município de Iguatu, na Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21). Segundo o balanço divulgado, nessa quinta-feira (1º), pela Delegacia Regional de Iguatu, esse resultado faz parte da 4ª fase da Operação “Cellare”, iniciada no começo deste ano e desencadeada pela Regional, com a coordenação do Departamento de Polícia do Interior Sul (DPI Sul).
Durante a operação, um balanço mês a mês foi realizado para contabilizar os celulares recuperados no município. Somente no mês de julho, os agentes de segurança, conseguiram chegar ao número de 25 aparelhos oriundos de roubos e furtos além dos que se encontravam perdidos. A ação foi coordenada pelo delegado da regional, Marcos Sandro Lira e contou com o apoio imediato do delegado Weslley Alves e da equipe que atuou prontamente nas diligências.
Segundo informações dos agentes, a operação é fruto de um trabalho desenvolvido por meio de um serviço de investigação focada e inteligência policial. Todas as pessoas que foram flagradas com os aparelhos celulares roubados ou furtados foram conduzidas para a Delegacia Regional de Iguatu, onde foram autuadas pelo crime de receptação, seja na modalidade dolosa ou culposa.

Orientação
A Polícia Civil recomenda que, em caso de roubo ou furto de aparelho celular, a vítima procure uma delegacia e faça o registro do Boletim de Ocorrência. O documento também pode ser registrado virtualmente. No procedimento, o proprietário deve informar o IMEI, para que o aparelho seja devidamente encontrado. A PCCE alerta ainda que a população não compre objetos sem nota fiscal, uma vez que esses produtos podem ser oriundos de roubos ou furtos, o que configura crime de receptação.
Verifique a situação do celular
Para consultar se o seu aparelho celular possui procedência legal, a Polícia Civil aconselha o cidadão a acessar o site da Anatel e inserir os dados do IMEI do celular. No site da Anatel é possível verificar a situação do dispositivo. Se a pesquisa apresentar o resultado “até o momento o IMEI informado não possui restrições de uso” é sinal que o aparelho não possui restrição.
Como consultar o número de IMEI? O IMEI pode ser encontrado na caixa do aparelho celular, no adesivo que fica por trás da bateria ou digitando *#06# no celular e apertando a tecla para ligar. Celulares com entrada para dois chips possuem dois números de IMEI, sendo necessário verificar em ambos os chips.
Denúncias: A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 3581-0307, da Delegacia de Regional de Iguatu. O sigilo e o anonimato são garantidos.
SSPDS

QUIXELÔ: Polícia Civil indicia Zé do Valério por estupro e roubo qualificado

Após um trabalho intenso de investigação, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Regional de Iguatu, indiciou, na manhã dessa quinta-feira (1°), José Pereira da Costa, conhecido como “Zé do Valério”, por tentativa de estupro e roubo qualificado. Conforme trabalho investigativo da unidade policial, os crimes ocorreram em 2014, no município Quixelô, na Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21).
De acordo com as investigações dos crimes, no dia 16 de outubro de 2014, o suspeito abordou duas jovens que trafegavam em uma moto e as arrastou para o matagal, obrigando as vítimas a ter contato físico com ele. As mulheres reagiram e o infrator não conseguiu consumar o ato. Após o fato, o indivíduo roubou a moto e fugiu do local.
As vítimas, que já não moram mais no estado do Ceará, tiveram conhecimento das buscas por “Zé do Valério” e, após a sua captura, depuseram contra o criminoso, imputando a ação delituosa ocorrida em Quixelô. Segundo o delegado Marco Sandro Lira, titular da Regional de Iguatu, “Zé do Valério” morava no Sítio Jequi do Boa Vista, em Quixelô, e usava o nome falso de Antônio Pereira.
“Zé do Valério”também foi indiciado por homicídio pela Delegacia Regional de Tauá, pelo assassinato, em 2013, da comerciante Maria Solange Cezário (39), na cidade de Tauá. Os inquéritos foram remetidos ao Poder Judiciário para apreciação.
Prisão
Após um trabalho ininterrupto das forças de segurança do Ceará, José Pereira da Costa, o “Zé do Valério”, foi preso, na manhã do dia 12 de julho, pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), na cidade de Buriti dos Montes, no Estado do Piauí. Participaram da ação as equipes da Força Tática (FT) e da subagência de inteligência do 7º Batalhão na região de Crateús.
As buscas tiveram o apoio de uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). As investigações foram conduzidas pela Delegacia Municipal de Pedra Branca, que representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, logo após o assassinato da jovem Danielle de Oliveira Silva (20), no dia 30 de abril. O Poder Judiciário deferiu o pedido.
No dia da prisão, ele foi apreendido um revólver calibre 38 com seis munições e valores em espécie. De acordo com as investigações, “Zé do Valério” é apontado pela morte de Danielle de Oliveira Silva (20), no dia 30 de abril último, no município de Pedra Branca, na Área Integrada de Segurança (AIS 20) do Ceará. Logo após o corpo da vítima ser encontrado, na zona rural da cidade, na localidade de Sítio São Gonçalo, as Polícias Civil e Militar intensificaram as buscas pelo autor, com a realização de incursões na mata e na coleta de depoimento de testemunhas.
SSPDS