Portal de Notícias do Helvécio Martins

Direto da Fonte com Notícias Políticas

Portal de Notícias do Helvécio Martins

Direto da Fonte com Notícias e com muitas informações policiais

Portal de Notícias do Helvécio Martins

Direto da Fonte com as Notícias dos Esporte Nacional e Internacioal

Portal de Notícias do Helvécio Martins

Direto da Fonte com Notícias do Brasil e do Mundo

Portal de Notícias do Helvécio Martins

Direto da Fonte com Notícias Religiosas pra você ficar bem informado

segunda-feira, 22 de abril de 2019

Governo regulamenta promoções por merecimento da Polícia Civil

Os policiais civis de carreira do Ceará ganharam um instrumento que regulamenta as promoções dos servidores da Polícia Civil. Assinado pelo governador Camilo Santana, no último dia 15, o decreto nº 33.037/2019, estipula as regras para promoções por merecimento levando em conta a quantidade de pontos acumulados pelo policial civil em qualificação profissional e desempenho das suas funções.
O governador reafirmou o compromisso que o Governo do Ceará tem tido em ampliar os investimentos na área da segurança pública, com realização de concursos, compra de equipamentos e valorização dos profissionais da área. “No meu primeiro mandato, fizemos todo um planejamento de cargos, demos aumento acima da média para escrivães e inspetores, num momento de crise do Brasil. Fiz concurso público para a Polícia Civil”, comentou, em bate-papo nas rede sociais, na última terça-feira. Ele frisou que há outro concurso em fase de elaboração e que atendeu a outra reivindicação antiga da corporação, com a inclusão dos delegados na carreira jurídica do Estado.
Para o delegado geral da PCCE, Marcus Rattacaso, o decreto contempla os anseios da categoria e resgata a autoestima do policial, além de dar um regramento objetivo ao critério de promoção e ascensão funcional. “Com o decreto, fica demonstrado a preocupação do Governo do Ceará em valorizar o policial”, afirmou Rattacaso.

SEGURANÇA; Ceará registra redução de 46,3% nas mortes violentas durante feriado de Semana Santa




O empenho das forças de segurança em todo o Estado e a intensificação das ações durante a operação Semana Santa 2019 culminaram na queda de 46,3% nos índices dos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) em todo o Ceará. Durante o feriadão do ano passado, foram registradas 54 mortes. Neste ano de 2019, esse número caiu para 29. Foi empregado um reforço com cerca de 1.500 profissionais, que atuaram desde as 18 horas de quinta-feira (18) até as 6 horas desta segunda-feira (22), conforme o plano operacional montado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
Nas quatro regiões do Estado foram registradas diminuições, de acordo com o balanço feito pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp) da SSPDS. Fortaleza foi de 21 casos para nove, em 2019 (-57,1%); Região Metropolitana caiu de 15 crimes, no ano passado, para 13 CVLIs (13,3%); Interior Norte reduziu de nove para cinco (-44,4%); e por último, no Interior Sul, foram nove casos, em 2018, contra dois em 2019 (-77,7%).
Outro índice positivo foram os Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVPs), que registraram uma queda de 49,1%, passando de 425 casos para 216. Fortaleza reduziu de 235 casos, em 2018, para 148, em 2019 (-37%). Na Região Metropolitana, foram 96 casos, no ano passado, e caíram para 28, em 2019 (-59,6%). No Interior Norte, a queda percentual foi de -59,6%, passando de 52 para 21. Já o Interior Sul, os 42 casos registrados, em 2018, caíram para 19, em 2019 (-54,7%).
Os Furtos também registraram uma queda de 47,2%, indo de 322 para 170. Em Fortaleza, foram 170 casos no ano de 2018 e, durante o feriadão deste ano, foram contabilizados 100 casos (-41,1%). Na Região Metropolitana, foram 49 casos, no ano passado, e reduziu para 23 (-53%), para este ano. Já no Interior Norte, a redução percentual foi de -64,8%, caindo de 54 casos para 19. No Interior Sul, a diminuição percentual foi de -42,8%, indo de 49 para 28.

Corpo de Bombeiros

Conforme os dados do Corpo de Bombeiros, não houve registro de afogamentos fatais nas áreas monitoradas pelas equipes bombeirísticas no Estado. Outro balanço positivo foi o aumento de 77,6% nas prevenções, se comparado com a Semana Santa do ano passado. Ou seja, neste ano, foram 9.602 ações preventivas; no ano passado, esse número foi de 5.405. No número de resgate de afogados, houve uma queda de 38,4%, passando de 26 casos, no ano passado, para 16, no feriadão deste ano.

Ciopaer

Durante os dias da operação, as aeronaves da Coordenadoria Integrada de Operações de Aéreas (Ciopaer) da SSPDS realizaram 24 deslocamentos, entre eles, patrulhamento aéreo, remoção aeromédica e apoio à operação policial. No total, os helicópteros da Ciopaer voaram um total de quase 28 horas, com atuações nas quatro bases do Estado (Fortaleza, Juazeiro do Norte, Quixadá e Sobral).

Rodovias Estaduais

Nas estradas estaduais, foram abordados 14.740 veículos. Isso corresponde ao aumento de 45,4% se comparado ao feriadão da Semana Santa de 2018, quando foram realizadas 10.132 abordagens. As apreensões de carros, motos e ciclo também aumentaram quase 28% neste ano. O número que foi de 159, em 2018, aumento para 203, neste ano.Já a quantidade de feridos em sinistros reduziu de23 para 13 vítimas (-43,4%).
Por último, os acidentes aumentaram para 35 casos. Em 2018, foram 29 sinistros. O número de vítimas fatais também aumentou, passando de quatro casos, no ano passado, para seis.

SAÚDE: Vacinação contra a gripe vai até dia 31 de maio

A Campanha de vacinação contra a Gripe para idosos com 60 anos ou mais, mulheres com até 45 dias pós-parto, doentes crônicos, trabalhadores da saúde, população indígena, adolescentes e jovens sob medida socioeducativa, população carcerária e funcionários do sistema prisional e professores de escolas públicas e particulares teve início na manhã desta segunda, 22.
No Centro de Saúde Meireles, a movimentação da população para ser vacinada começou às 7 horas, quando já havia uma pequena fila de pessoas, maioria idosos. Uma delas era a aposentada Socorro Araújo, 69 anos, e moradora do Meireles. Ela conta que sempre se vacina logo no primeiro dia da campanha para “evitar mais rápido a doença e ficar livre para voar”. A aposentada considera que “vacinar é proteger com certeza, pois quem ama e quem gosta da vida se protege”.
No dia 10 de abril a campanha começou para crianças de 6 meses a menores de 6 anos e gestantes. O Ceará já aplicou 142.780 doses em crianças e 24.680 em gestantes até às 13 horas desta segunda, dia 22. A vacinação segue até 31 de maio. A meta do Ceará é vacinar 2.509.776 dos grupos prioritários. Para acompanhar a cobertura online da campanha de vacinação é só clicar aqui.
“Quem está doente é importante esperar os sintomas cessarem e aí pode procurar a vacina para que não haja confusão entre os sintomas, a evolução da doença e a vacina”, lembra Daniele Queiroz, Coordenadora da Vigilância em Saúde.
A vacina contra a influenza é trivalente. Protege contra H1N1, H3N2 e B/Colorado/06/2017. A influenza é uma doença sazonal, mais comum no inverno. No Brasil, devido às diferenças climáticas e geográficas, podem ocorrer variações nas intensidades de sazonalidade da influenza e em períodos distintos nos estados.
“A reação de vacina é leve. Não tem capacidade de fazer com que a pessoa adoeça de gripe, pois a vacina é composta de partículas de vírus e essas partículas não têm capacidade de causar a doença”, diz Daniele Queiroz.
Todos os anos a aposentada Clara Rosa, 81 anos, se vacina contra a gripe. Antes de ir para academia como faz diariamente, ela foi ao Centro de Saúde Meireles . “Minha caderneta de vacinação está em dia”. Clara aproveitou e deixou um recado para os grupos prioritários: “Ninguém deixe de se vacinar porque é muito importante para se prevenir”.

Forças de segurança

O Ministério da Saúde anunciou nesta segunda-feira, 22, que profissionais das forças de segurança e salvamento passam a fazer parte do público-prioritário da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza. Eles totalizam cerca de 900 mil pessoas, de acordo com a pasta. Para garantir essa ampliação, o Ministério está adquirindo mais um milhão de doses da vacina, além das já previstas, com o Instituto Butantan, responsável pela produção do imunobiológico.
Governo do Ceara

DIMINUEM: Mesmo assim mais de 80 municípios foram registradas boas chuvas





Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou chuva em pelo menos 82 municípios do Estado das 7h de domingo (21) às 7h desta segunda-feira (22), . As maiores precipitações ocorreram no Litoral Oeste e Maciço de Baturité.
De acordo com a Funceme, as dez maiores chuvas foram observadas em Camocim (40 mm)Mulungu (38 mm)Farias Brito (37 mm)Baturité (29 mm)Barreira (28 mm) e Ararendá (24 mm).
Também choveu em Várzea Alegre (23 mm) e Pacajus (23 mm). Os dados foram divulgados às 9h15 desta segunda-feira (22).
10 maiores chuvas por posto no dia:
(100 postos com chuva de 131 informados)

  1. Camocim (Posto: Camocim) : 40 mm
  2. Mulungu (Posto: Mulungu) : 38 mm
  3. Farias Brito (Posto: Farias Brito) : 37 mm
  4. Baturité (Posto: Baturité) : 29 mm
  5. Barreira (Posto: Barreira) : 28 mm
  6. Ararendá (Posto: Lagoa de Santo Antônio) : 24 mm
  7. Várzea Alegre (Posto: Riacho Verde) : 23 mm
  8. Pacajus (Posto: Pacajus) : 23 mm
  9. Redenção (Posto: Açude Acarape Do Meio) : 22,2 mm
  10. Redenção (Posto: Redenção) : 22 mm
Previsão para os próximos dias
De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão para o Ceará nesta segunda-feira é de tempo nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas nas regiões Norte e Noroeste Chuva isolada nas demais áreas.
Para terça-feira (23), tempo nublado com pancadas de chuva nas regiões Norte, Noroeste e Jaguaribe.
E para quarta-feira (24), tempo nublado a parcialmente nublado com chuva isolada no norte e noroeste.

Funceme

VALEI-ME PADRE CÍCERO: Avianca cancela 39 voos em Juazeiro do Norte

A companhia aérea Avianca Brasil divulgou uma lista com 1305 voos cancelados em todo o País, programados de hoje até o próximo domingo (28). No Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte, 39 operações deixarão acontecer. A ação impactará os embarques e desembarques diários para Fortaleza e Guarulhos (SP).

Desde o último sábado, muitos passageiros têm procurado atendimento no guichê da empresa no terminal para saber se vão embarcar ou não. “Eles novamente cancelaram o voo e me colocaram para o dia 23, às 04h30, agora tenho que aguardar se vai ser verdade. O mínimo que pode fazer é pagar um hotel”, conta o bombeiro civil Ângelo Marrom.

Já o estudante Emanuel Moura precisa estar hoje a noite em Porto Alegre (RS) e foi surpreendido com um telefonema da empresa informando que o seu voo de ida deve ser cancelado, pois, não dará tempo de fazer a conexão em São Paulo. “Eu já vim atrás de informações em outros dias. Não haviam me passado nada sobre o voo de ida, apenas a volta, que foi cancelado. Estou aqui sem saber o que fazer. Não encontro uma passagem em outra operadora para chegar lá”, lamenta.
Em março, um voo de Juazeiro do Norte para Brasília (DF) pela empresa já havia sido retirado. Os clientes que moram na região do Cariri estão apreensivos desde que a empresa entrou em recuperação judicial – reorganização econômica, administrativa e financeira, feita com a intermediação da Justiça, para evitar a sua falência. A Avianca teve voos comprometidos em todo país com decisões judiciais determinando que a companhia devolva aviões devido à falta de pagamento da empresa.

A Avianca informou aos clientes que compraram o bilhete por meio do site, aplicativo, call center ou lojas da própria empresa, devem acessar uma página específica para pedir o dinheiro de volta. No formulário, deve ser selecionado o item “Cancelamento de voo gerado pela Avianca”. Já quem comprou a passagem numa agência ou site de viagem deve entrar procurar essas essas empresas.

DN