Portal do Helvécio Martins

Portal do Helvécio Martins

Direto da Fonte.

Portal do Helvécio Martins

Direto da Fonte.

Portal do Helvécio Martins

Direto da Fonte.

Portal do Helvécio Martins

Direto da Fonte.

Portal do Helvécio Martins

Direto da Fonte.

Portal do Helvécio Martins

Direto da Fonte.

Portal do Helvécio Martins

Direto da Fonte.

Portal do Helvécio Martins

Direto da Fonte.

Portal do Helvécio Martins

Direto da Fonte.

Portal do Helvécio Martins

Direto da Fonte.

Portal do Helvécio Martins

Direto da Fonte.

Portal do Helvécio Martins

Direto da Fonte.

Portal do Helvécio Martins

Direto da Fonte.

domingo, 2 de agosto de 2020

NÃO É CEDO? Retorno adiado das aulas presenciais divide opiniões



O governador Camilo Santana comunicou ontem que escolas públicas e privadas da Capital continuarão com atividades remotas neste mês. A retomada poderá acontecer em setembro.


Mesmo com o cenário epidemiológico da Covid-19 em desaceleração na Capital, a exemplo das sucessivas quedas na média móvel de mortes e na taxa de contágio pelo SARS-CoV-2, o governador Camilo Santana considerou que ainda não é o momento para a liberação das aulas presenciais nas escolas públicas e particulares.

Até ontem (1º), quando foi anunciada a decisão, o Ceará havia confirmado 176.371 diagnósticos positivos, 146.281 altas médicas e 7.704 vidas perdidas em decorrência do novo coronavírus.

“Aulas de escolas e universidades presenciais não ocorrerão ainda no mês de agosto. A previsão para a retomada das aulas, tanto privadas quanto públicas, está prevista apenas para o mês de setembro. Durante todo o mês de agosto faremos reuniões para definir protocolos”, disse o governador em transmissão nas redes sociais. 

A decisão de adiar o retorno das atividades in loco, no entanto, novamente dividiu a opinião da comunidade escolar e entre os pais de alunos matriculados nos estabelecimentos de ensino. Alguns apoiam a continuidade das aulas remotas. Outros, por sua vez, mantêm parecer contrário ao atual formato pedagógico a distância.

Mãe de uma aluna do 5º ano do Ensino Fundamental, a assistente social Rejane Gomes compartilha da deliberação estadual, justificando que o contexto pandêmico ainda demanda cuidados sanitários. “O Camilo Santana tem sido prudente. Está agindo com responsabilidade perante à população, porque se assim não fosse, as crianças tinham voltado e aí, infelizmente, nós poderíamos estar vivendo muitos problemas, já que ainda têm muitas pessoas infectadas na cidade”.

Durante o anúncio, o governador afirmou que os pais ou responsáveis poderão escolher pelo retorno das tarefas presenciais ou pela manutenção da metodologia remota. “Terão a garantia da continuidade do atendimento remoto", frisou. Rejane, contudo, vai manter a filha no ensino residencial até o fim do ano.

“Eu entendo que há muitas famílias sem estrutura para as aulas online, mas as que têm essa possibilidade, certamente eu creio que vão preferir continuar remotos, até porque ainda não há vacina para a Covid-19”, finaliza. 

Já a anestesiologista Fernanda Araújo lamenta que o Plano de Retomada, anunciado no mês de junho, tenha excluído as instituições de ensino da 4ª fase. Com duas filhas de 4 e 6 anos de idade na escola, ela avalia que a decisão de adiar mais uma vez o retorno das atividades presenciais “não prioriza a educação” e não levou em conta o panorama de transmissão da Covid-19 na Capital.

“Se ele (Camilo Santana) aceita que a situação de Fortaleza está controlada, deveria estar preparado para a abertura das escolas, mas diz que precisa alinhar os processos. Então o que foi feito desde o anúncio do plano?”, questiona. A médica defende que os pais tenham autonomia para decidir sobre a condição dos filhos.

“Nesse momento caberia ao governo dar as condições de retorno e dá a decisão para as famílias”, sugere. 

Cobrança

Hélio Moura, diretor do Colégio Invictus, na Maraponga, entende que o governo vem tomando as decisões acertadas no enfrentamento à pandemia, mas vê a necessidade de uma data exata para o retorno. “Já estamos preparados para retornar desde 20 de julho. Se não voltar agora no fim de agosto e início setembro, compromete, além do ano de 2020, o de 2021, principalmente na rede que funciona".

"Temos em Fortaleza cerca de 500 escolas de pequeno e médio porte, como a minha. Se pensarmos em 30 funcionários por escola, dá 15 mil empregos diretos nesta rede. São pessoas que podem ser prejudicadas diretamente”. 

O diretor do 7 de setembro, Henrique Soárez, avalia que o Estado já tem condições de retornar às atividades a partir de um ensino híbrido. “Estamos prontos para retornar”. Ele critica o fato de, mesmo diante dos bons indicadores, “ainda não ter uma data fechada para este retorno”.

Critérios

Para Melissa Medeiros, infectologista dos Hospitais São José (HSJ) e Geral de Fortaleza (HGF), a decisão de retardar o retorno às aulas presenciais no Ceará “não foi baseada em dados epidemiológicos”. “Estudos mostram que as crianças não são vetores para o maior número de infecções. O que acontece é que as escolas privadas estão preparadas; as públicas, não”, avalia a médica, que presta consultoria gratuita a instituições de ensino, orientando que mudanças estruturais devem ser feitas para garantir segurança sanitária.

Porém, as adaptações necessárias para um retorno seguro ao ensino presencial, segundo Melissa, “não são grandes”.

“O principal é distanciar as carteiras entre 90cm e 1,80m e promover a higienização das mãos, aumentando a quantidade de pias com água e sabão. Além disso, manter a utilização de máscaras e garantir que a criança troque com, no máximo, três horas”, explica, reconhecendo que “levar as mudanças de comportamento social para dentro da escola, principalmente com crianças menores e com necessidades especiais, será mais difícil”.

Ainda assim, a doutora em Educação e coordenadora do curso de Pedagogia da Universidade Federal do Ceará, Jakeline Andrade, pondera que “a grande preocupação” é se professores e alunos terão a garantia dos protocolos de segurança. “Os cuidados já são difíceis para os adultos, quem dirá para as crianças. Dentro da escola, a ampliação do contato é praticamente inevitável”.

Quem está na sala de aula, tem receio da possibilidade de um retorno antes mesmo da distribuição da vacina. Professor de História na rede municipal, Pedro Monteiro afirma que em um possível retorno, irá com Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), mas teme que os alunos não tenham essa mesma possibilidade.

“Eu vou com máscara, protetor de acrílico e roupa de TNT, mas e o garoto pobre que não tem dinheiro para proteção e pode passar o vírus para as outras pessoas de casa?”. 

O medo da contaminação, inclusive, é relatado pelos pais de alunos nos grupos de mensagens das aulas virtuais. “Em todos, eles falam que não têm o mínimo interesse de mandar os filhos para a escola agora”, destaca Pedro, que considera um “acerto” a manutenção das aulas remotas. 

Jakeline Andrade complementa que a decisão atende ao critério de preservação da vida. Nesse caso, a educação precisa recuar. “Se as autoridades sanitárias veem como algo bom à saúde, a educação tem que se precaver. Se corre perigo, é mais que justificável que a educação se alie na defesa da vida. Para a sociedade, o retorno às aulas é um sinal de normalidade. E ainda não estamos num momento para baixar a guarda”, considera. 

A reportagem procurou o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Ceará (Sinepe-CE), que não quis se posicionar sobre a determinação do governador.

Retorno remoto

A Secretaria de Educação (Seduc) reforçou que, “considerando a necessidade de manutenção das medidas de distanciamento social para contenção do Coronavírus", todas as escolas da rede pública estadual de ensino do Ceará iniciarão este período letivo, a partir de amanhã (3), exclusivamente de forma remota.

DIARIO DO NORDESTE

sábado, 1 de agosto de 2020

PRESERVANDO AS VIDAS: Metade dos bares e restaurantes não deve reabrir, afirma Abrasel

Projeção que era de 30% dos negócios cearenses, foi atualizada pela entidade após o novo decreto de isolamento social do Estado, que manteve a decisão de que eventos e bares não poderão retornar às atividades ainda


A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Ceará (Abrasel) revisou a previsão do impacto da pandemia do novo coronavírus e, com a decisão do Governo do Estado manter bares fechados durante a quarta fase do plano de retomada, cerca de 50% dos negócios desse segmento não deverão sobreviver à crise.

Ontem, o governador Camilo Santana afirmou ainda que os setores, juntamente com o de cinemas, não têm previsão de reabertura. "Os eventos, que geram aglomerações, não têm data ainda definida para retomada", destacou.

Os representantes dos eventos e bares cearenses reagiram com desapontamento ao anúncio do novo decreto de isolamento social no Ceará, que ainda os mantêm impossibilitados de operar.

Consultadas, lideranças da Abrasel e do Sindicato das Empresas Organizadoras de Eventos e Afins do Estado do Ceará (Sindieventos-CE) disseram estar esperando medidas diferentes sobre o funcionamento de bares e a realização de eventos no Ceará, mas principalmente na Capital cearense.

Taiene Righetto, diretor executivo da Abrasel, afirmou que a entidade vinha negociando com o Governo do Estado para rever a decisão de manter bares fechados. Os empresários do setor vinham apresentando dados relacionados à operação que, segundo ele, mostrariam que a abertura de bares não colaboraria para o avanço da pandemia no Estado.

Righetto também comentou que o fator que mais tem afetado a vida dos empresários é a imprevisibilidade nesse momento. Sem saber quando poderão voltar a operar, alguns empreendimentos estão se complicando financeiramente. Esse fator estaria, de acordo com o direto da Abrasel, fazendo com a entidade revisasse a taxa de fechamento de empresas por conta da pandemia, passando para 50%.

Anteriormente, a previsão era de que 30% dos bares e restaurantes no Ceará não reabrisse ao final da crise. "Estamos trabalhando com 50% dos bares não voltando mais com a imprevisibilidade. Esse decreto só veio a confirmar a nossa curva de análise", disse. "Tudo que foi planejado com o Governo, foi cumprido, mas o Estado não está cumprindo com a parte dele. Até agora, o Estado não explicou essa decisão, nem mostrando dados técnicos, nem números que comprovam que se os bares abrirem os números vão aumentar", completou.

Eventos

A presidente do Sindieventos, Circe Jane Teles da Ponte, também afirmou que o setor espera uma decisão diferente do Estado por conta da articulação realizada durante a semana passada. Ela disse que os empresários apresentaram um modelo de reabertura para os eventos, com novas fases de liberação.

O Governo do Estado teria observado a proposta e sinalizado que os eventos poderiam voltar ainda em agosto, mas nada é certeza, segundo Circe. "Sempre há uma esperança. Senão a gente fica sem rumo. No início da semana a gente torna a fazer essas tratativas com o Estado", afirma.

De acordo com o secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Estado, Maia Júnior, os setores precisam esperar ter condições sanitárias seguras o suficiente para o retorno das atividades. "Vai depender das condições sanitárias. Eventos e bares são pontos de aglomeração com alto risco e difícil controle", destacou ele.

DN

Camilo: aulas presenciais devem voltar só em setembro; bares e cinemas sem previsão de retorno

Eventos que geram aglomerações continuam sem previsão de retorno, ainda de acordo com o anúncio


O governador do Ceará, Camilo Santana, e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, anunciaram neste sábado (1º) os próximos passos do Ceará na retomada das atividades. Escolas e universidades em Fortaleza devem retomar as aulas presenciais em setembro, a depender dos resultados dos próximos boletins epidemiológicos. 

Eventos que geram aglomerações continuam sem previsão de retorno, ainda de acordo com o anúncio.

"Aulas de escolas e universidades presenciais não ocorrerão ainda no mês de agosto. A previsão para a retomada das aulas presenciais tanto privadas quanto públicas estão previstas apenas para o mês de setembro. Durante todo o mês de agosto faremos reuniões para definir protocolos, faseamento, monitoramento", disse Camilo Santana. Ele pontuou ainda que o retorno deve se dar de forma opcional para pais e alunos, que devem continuar com a disponibilidade de aulas remotas.

"Esse setor também estará opcional. Os pais e alunos terão a garantia da continuidade do atendimento remoto por conta das unidades escolares e universitárias. Esse é um processo de importante discussão. Vamos manter o mês de agosto aprofundando essa discussão com o comitê e os cientistas", acrescentou Camilo Santana.

No anúncio, prefeito e governador lembraram a redução das taxas. "A pandemia não acabou, infelizmente. Até que haja uma vacina ou até que a imunidade da população seja elevada para que não haja transmissão comunitária, nós vamos ter que continuar convivendo com o risco do vírus", ponderou Roberto Cláudio.

Confira as decisões tomadas:

  • Fortaleza segue na Fase 4. Cinemas e bares ainda não têm permissão de funcionamento;
  • Municípios da Macrorregião de Fortaleza avançam para a Fase 4;
  • Macrorregiões do Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe continuam na Fase 2;
  • Macrorregião Norte segue para a Fase 2;
  • Macrorregião do Cariri segue para a Fase 1.

sexta-feira, 31 de julho de 2020

INFARTO: Quadro clinico do Prefeito de Iguatu Edinaldo Lavor é estavel. Ele deverá ser submetido a cateterismo e outros procedimentos nesse sabado

                                                                             Prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor (PDT) tem administração aprovada ...
Nesse momento o Prefeito de Iguatu no Centro-Sul do Ceará, Edinaldo Lavor(PSD), que teve infarto no começo da madrugada desse dia 31 de julho de 2020, esta no Hospital Regional da Unimed em Fortaleza, na UTI Coronária. O quadro dele é estável e requer cuidados. Edinaldo Lavor de 43 anos, recentemente foi diagnosticado positivo por covid-19. Ele estava em boa recuperacao quando na madrugada de hoje passou mal e foi levado para o Hospital da Unimed em Iguatu. 

Transferido as pressas para a capital Fortaleza, o Prefeito Edinaldo Lavor, passou por varios exames. Foi constatado o infarto e segundo a equipe médica que cuida do gestor, ele passará por cateterismo quando tiver condições. O motivo da preocupação é porque ele pode ter embolia devido o coronavirus que teve recentimente. Amanha sabado a equipe médica avalia se ele tem condições de fazer o procedimento.
A informação é do Assessor Jurídico Dr. Tácido Cavalcante

A população de Iguatu,nesse momento se une em oração a Deus, pela a saúde do Prefeito Edinaldo Lavor

HelvecioMartins

DINHEIRO $$$$$: Caixa abre 27 agências no Ceará para pagamento de FGTS e auxílio emergencial neste sábado (1)


Segundo o banco, mais de 7,4 bilhões de brasileiros terão direito de sacar os R$600


Os cearenses nascidos em fevereiro e março que são beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 poderão sacar o dinheiro em uma das 27 agências da Caixa Econômica em todo o Estado, que estarão atendendo das 8h às 12h. O saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) Emergencial também está disponível e pode ser feito nesta sábado.

De acordo com a instituição, a partir de 1º de agosto, mais de 7,4 bilhões de beneficiários nascidos nos meses indicados terão direito de sacar o valor, além de transferir para contas da Caixa e de outros bancos.

A Caixa reforça que não é preciso "madrugar" nas filas esperando o atendimento. "Todas as pessoas que comparecerem às agências que abrirão neste sábado (1), das 8h às 12h, serão atendidas no mesmo dia. A mesma orientação é válida para o atendimento realizado de segunda a sexta, entre 8h e 14h, em todas as agências do banco", ressalta o banco em nota. 

O pagamento deste sábado se refere ao ciclo um do calendário de pagamentos. Segundo o banco, os ciclos de crédito em conta e saques em espécie seguem até dezembro para o pagamento das cinco parcelas definidas pelo Governo Federal.

Veja o calendário de pagamentos em espécie do auxílio emergencial:

  • Nascidos em fevereiro e março: 01/08
  • Nascidos em abril: 08/08
  • Nascidos em maio: 13/08
  • Nascidos em junho: 22/08
  • Nascidos em julho: 27/08
  • Nascidos em agosto: 01/09
  • Nascidos em setembro: 05/09
  • Nascidos em outubro e novembro: 12/09
  • Nascidos em setembro: 17/09

Além do auxílio emergencial, os trabalhadores que desejem efetuar o saque emergencial do  Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), de até um salário mínimo (R$1.045) poderão recorrer as agências da Caixa.

Veja o calendário de saques:

  •  Nascidos em janeiro: 25/07
  • Nascidos em fevereiro: 08/08
  • Nascidos em março: 22/08
  • Nascidos em abril: 05/09
  • Nascidos em maio: 19/09
  • Nascidos em junho: 03/10
  • Nascidos em julho e agosto :17/10
  • Nascidos em setembro e outubro: 31/10
  • Nascidos em novembro e dezembro: 14/11

Se caso a poupança social digital do trabalhador não sofrer nenhuma movimentação até o dia 30/11/2020, os valores retornarão à conta FGTS do trabalhador, devidamente corrigidos.   

Confira as unidades abertas neste sábado:

  • Barbalha: Av Cel. João Coelho, 55 - Centro
  • Camocim: Rua José de Alencar, 357 - Centro
  • Canindé: Rua Romeu Martins, 125 - Centro
  • Cascavel: Av. Chanceler Edson Queiroz, 2846 - Dom Bosco
  • Caucaia: Av. Edson da Mota Correia, 840 - Centro
  • Crateús: Rua Dom Pedro II, 933/939 - Centro 
  • Crato: Rua Cel. Luis Teixeira, 1064 - Centro
  • Fortaleza: Av. Santos Dumont, 2772 - Aldeota 
  • Fortaleza: Rua Floriano Peixoto, 1084 - Centro
  • Fortaleza: Rua Guilherme Rocha, 45 - Centro
  • Fortaleza: Av. Oliveira Paiva, 800 - Cidade dos Funcionários
  • Fortaleza: Av. H, 801, 3ª etapa - Conjunto Ceará 
  • Fortaleza: Av. Francisco Sá, 3832- Jacarecanga
  • Fortaleza: Rua Cel. Francisco Pereira, 62 - Messejana
  • Fortaleza: Rua 7 de setembro, 132 - Parangaba
  • Fortaleza: Av. Bezerra de Menezes, 1001 - São Gerardo
  • Horizonte: Av. Presidente Castelo Branco, 4844 - Centro
  • Icó: Av. Nogueira Acyoli, 1354 - Centro
  • Iguatu: Rua Floriano Peixoto, 633 - Centro
  • Itapipoca: Rua Dom Aureliano Matos, 390- Centro
  • Juazeiro do Norte: Rua da Conceição, 361 - Centro 
  • Limoeiro do Norte: Rua Cel Malveira, 2360 - Centro
  • Maranguape: Rua Capitão Jeová Collares, 101, Lj. 01 - Centro 
  • Pacajus: Rua Francisco Lopes, 170 - Centro
  • Quixadá: Rua Dr. Rui Maia, 580 - Centro
  • Sobral: Rua Cel. José Sabóia, 300 - Centro
  • Tauá: Rua Nenem Borges S/N - Centro 
Diario do Nordeste

terça-feira, 28 de julho de 2020

PARABENS PADRE THALLYS RODRIGUES: Católicos da Paróquia de Tauá festejam seu jovem Padre nascido em Ipaporanga

Chama-se FRANCISCO THALLYS RODRIGUES. O jovem Padre Thallys, que chegou na Paróquia de Taua, a pouco mais de um ano e meio, é graduado em Filosofia pela Faculdade Católica de Fortaleza e em Teologia pela Faculdade Jesuita de Filosofia e Teologia. Hoje dia 28 de julho de 2020, Padre Thallys Rodrigues, completa 27 anos de vida e foi ordenado Padre no dia 06 de janeiro de 2019. Como Seminarista chegou em Tauá no dia 19 de dezembro de 2017.

Nascido na comunidade de Aleixo Distrito de Lagoa do Barro no Municipio de Ipaporanga Sertões de Crateus, Padre Thallys é filho de Edvaldo Soares de Oliveira e Maria Luzanira Rodrigues. Foi criado pelos avós maternos Francisco e Rosa, e tem como irmãos Elvio, Thaynara, Thainá e Linayra.

Padre Thallys Rodrigues, além da sua humildade é um jovem que procura a todo momento aumentar o rebanho de Deus. Carismatico, suas pregações são elogiadas por todos. Suas missas são sempre lotadas de fieis catolicos. Tem tambem um lado humano muito bonito e cheio de educaçao, sabedoria e visão.

Muitos amigos estão prestando homenagens ao Padre Thallys Rodrigues, nessa data do seu aniversario 


" Comemorar e Celebrar com gestos e atitudes de afeto a data de aniversario de Padre Thallys, nos irmana e nos fortalece! Um jovem Padre, estudioso e atento à dimensão social do trabalho pastoral, notadamente nestes difíceis tempos de crise planetária, desejando-lhe vida longa e que esteja sempre à escuta, com o coração, aos sinais proféticos de denúncia e anúncios dos compromissos de defesa da vida e da natureza, como nos ensinamentos de Francisco, o Papa, por terra, trabalho e teto, em nossa casa comum! Feliz Aniversário ".
Professora Pós Doutora em História Adelaide Maria Gonçalves Pereira.


" Parabéns, Padre Thallys Rodrigues! Que Deus, ilumine sua vida e sua missão sacerdotal! Parabéns ao mesmo tempo, por sua maturidade pastoral (apesar de sua idade jovem), pela transmissão de mensagens e reflexoes, sempre serenas, eloquentes, consistentes e fundamentadas nos preceitos cristãos e de justiça social! Abraços "
Professor Universitario João Alcimo Viana


" Parabéns, Padre Tallys. Um ser leal, nobre, ama o proximo. Une a todos seres, através da sua Luz. Sua atenção, serve de receita que cura muitos males com sua doação de amor, com suas atitudes do bem! Sua missão tem como base o amor, a essência e a finalidade da existência. Ele ensina que só por meio do amor conhecemos a nós mesmos e compreendemos o mundo e a vida. Nossa gratidão por toda bondade. Vida Longacom saúde ".

Flaviana Xavier - Radialista e apresentadora da Radio Cultura dos Inhamuns de Tauá


" Presentemente eu posso me considerar um sujeito de sorte. Porque apesar de muito moço me sinto são e salvo e forte. E tenho comigo pensado, Deus é brasileiro e anda do meu lado. E assim ja não posso sofrer no ano passado... " (Belchior)
Penso que a data do aniversário é um tempo de avaliar o passado e planejar o futuro. Sendo assim, este 28 de julho, pode traduzir um sentimento de gratidão pelos anos vividos e assim como o autor dos versos acima "se considerar um sujeito de sorte"
Celebramos a vida e rendemos graças ao Autor de toda a Vida e pelo dom de poder existir. Afinal, a vida não nos pertence, ela é presente. Nossa obrigação é, antes de qualquer coisa, ter zelo e carinho pelo  maior dom que possuimos.
Dessa forma, Padre Thallys, seja sempre grato pela Vida. A melhor maneira fazer isso? Cultive dentro de si o que tu tens de melhor. Toda vez que esses frutos brotarem, distribua-os aos seus irmãos.
Não tenhas medo, pois, Deus, é brasileiro e anda do seu lado. Se sofrer, transforme o sofrimento em aprendizado. Se tiver êxito no caminho transforme-o em sabedoria.
Te desejo muita paz. Mas, não qualquer paz. Te desejo o "Shalom" que é a paz que é fruto da justiça. Que teu ministério presbiteral seja marcado pela luta constante e incansável pela Justiça.
Te desejo tambem muita saúde, principalmente nestes tempos de pandemia. Que tua saúde possa ser instrumento para a edificação da saúde dos outros. 
Um abraço do seu colega, amigo e companheiro de caminhada "
Luan de Saboia Ferreira - Seminarista

Helvecio Martins 

sexta-feira, 17 de julho de 2020

CORONAVÍRUS (COVID-19): Ceará recebe novo carregamento de respiradores e EPIs adquiridos pelo Governo do Estado para uso prioritário no Interior

O Ceará passa a contar, desde esta sexta-feira (17), com mais 115 respiradores para o atendimento essencial de pacientes em estágios graves do novo coronavírus (Covid-19). Além dos aparelhos, o Estado adquiriu ainda toneladas de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). A carga aterrissou em Fortaleza e terá utilização, em especial, na estratégia de reforçar o atendimento no Interior do estado.
Estes equipamentos fazem parte do pacote de 700 respiradores adquiridos no exterior pelo Governo do Ceará. Com esta leva, 615 já desembarcaram no estado em cinco voos diretos do Exterior. Os últimos 85 devem chegar ao longo deste mês. Além desses, o Estado também adquiriu 50 respiradores produzidos no Brasil.
“O material, adquirido pelo Governo do Estado, tem sido fundamental para garantir a expansão de leitos de UTI, principalmente no Interior, e a segurança dos nossos profissionais de saúde para minimizar os efeitos dessa pandemia à população. Continuaremos dando apoio a todos os municípios cearenses nessa luta contra o coronavírus”, citou o governador Camilo Santana.
A distribuição desses 115 novos ventiladores mecânicos será de acordo com os indicadores epidemiológicos dos municípios, seguindo planejamento da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), que avalia diariamente a situação da pandemia no Estado.
Todo o material foi adquirido com recursos do Governo do Ceará e tem como objetivo salvar vidas na Capital, Região Metropolitana e, principalmente, no Interior. O acompanhamento da dinâmica de evolução ou queda de transmissão da Covid-19 tem sido feito de forma regionalizada, uma vez que o tempo da pandemia tem sido diferente em cada região do Ceará. Enquanto em Fortaleza, único município na terceira fase de abertura responsável das atividades, os números apresentam redução, cidades do Cariri e Centro-Sul têm elevação e preocupam.

CORONAVÍRUS (COVID-19) Capital avança para fase 4 do plano de retomada da economia, com restrições; 5 cidades permanecem em isolamento rígido

Cinco atividades que estavam previstas para a fase 4 não poderão retornar neste momento em Fortaleza. Contudo, o governador informou que já na segunda-feira (20) equipes do Estado e da Prefeitura vão iniciar reuniões para definir prazos e protocolos para a volta
Após encerrar mais uma reunião com o Comitê Científico que avalia e define as medidas adotadas nos decretos estaduais relativos à pandemia, o governador Camilo Santana, ao lado do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, anunciou nesta sexta-feira (17) as novas diretrizes sobre as etapas do Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais nas macrorregiões de saúde cearenses, que valerão a partir da próxima segunda-feira (20). Pelos indicadores apresentados nesta semana, a Capital e as macrorregiões de Fortaleza e Norte avançam mais uma fase.
“Diante dos números, os municípios da macrorregião de Fortaleza passam para a fase 3 e a Capital para a fase 4. A Macrorregião Norte, por seus indicadores continuarem em queda, passa para a fase 1”, comunicou Camilo. Em Fortaleza, algumas atividades continuarão sem autorização para funcionamento. São elas: escolas e universidades para aulas presenciais; academias; cinemas; bares e eventos. O governador disse que, a partir da próxima segunda-feira (20), equipes do Estado e da Prefeitura vão iniciar reuniões para definir prazos e protocolos para a volta desses setores.
“Há uma preocupação muito grande do Comitê (Científico) para que não haja retrocesso como a gente tem acompanhado em vários estados e em outros países que abriram determinados setores da economia e tiveram que fechar novamente. Nós não queremos que aconteça isso no Ceará. Vamos continuar com as nossas reuniões para que essas atividades possam já estabelecer prazos e protocolos para a sua retomada”, comentou o chefe do Executivo estadual sobre a reabertura desses segmentos.
Para o prefeito Roberto Cláudio, esse cuidado na tomada de decisões durante a pandemia tem sido responsável pelo que estamos vivenciando na Capital. “É importante registrar que as decisões tomadas seguem normas e orientações das autoridades sanitárias. Fortaleza parte para a quarta fase, o que vai representar um maior número de atividades sendo abertas, mais empregos sendo gerados, e tudo isso sendo feito de forma planejada, programada. A gente já segue para a nona semana de abertura e tem continuado seguindo a tendência da queda de óbitos. Isso só está sendo possível graças ao isolamento feito anteriormente e pela conduta responsável e bastante precavida das autoridades sanitárias”, enalteceu o gestor municipal.

Interior

Diferentemente das áreas autorizadas a avançar no Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais, os municípios das macrorregiões de saúde do Litoral Leste/Jaguaribe e do Cariri permanecerão nas fases atuais por conta dos indicadores recentes, explica o governador. “Estamos tratando de forma regionalizada e a preocupação hoje é bem maior no interior do Estado, principalmente na macrorregião Sul, que vai continuar na fase de transição, mantendo Barbalha, Crato, Juazeiro do Norte, Brejo Santo e Iguatu em isolamento rígido. As regiões do Litoral Leste/Jaguaribe e Sertão Central, por uma questão de precaução por conta de um leve aumento (de casos) nesta semana, vão permanecer por orientação do Comitê na fase 1”, informou.
Com esse panorama, Camilo Santana destacou que o Governo do Ceará continua com a ampliação do atendimento da população no Interior. “Hoje mesmo recebemos mais uma carga de equipamentos e insumos”, avisou. O governador finalizou repetindo as orientações para que a população respeite o isolamento social, use máscara e sempre que puder lave as mãos.
Governo do Ceara