Ads 468x60px

sexta-feira, 1 de junho de 2018

BPRaio captura dupla suspeita de matar criança em Sobral

Dois assaltantes que se passaram por funcionários, em uma agência bancária, foram presos após uma ação da Polícia Militar do Ceará (PMCE), nesta sexta-feira (01), na cidade de Maranguape, na Área Integrada de Segurança 12 (AIS 12). A intenção dos criminosos era cometer um roubo contra a instituição financeira, mas graças ao trabalho rápido dos profissionais de segurança, o crime foi frustrado. Com eles, foram apreendidas duas armas de fogos e um cinto contendo material explosivo. Um revólver, que pertencia ao vigilante, foi recuperado.
Após serem acionados via Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), uma composição da PM diligenciou até a sede do banco, situada no Centro de Maranguape, para checar a informação que havia homens armados mantendo funcionários como reféns. Chegando lá, os militares foram recebidos por dois suspeitos, trajando terno e gravata, que alegaram serem funcionários da agência. No entanto, tentaram se desvencilhar de uma busca pessoal, o que levantou ainda mais a suspeita por parte dos PMs.
Júlio César Vieira Félix (26), conhecido por “Tejão” e com antecedentes criminais por roubo a banco, porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa; e Antônio Gleiciano Lima Tavares (30) – com passagens pela Polícia por roubos, estelionato, associação criminosa, receptação e adulteração de chassi; chegaram a reagir, mas a equipe policial conteve os criminosos. Na ocasião, os suspeitos arremessaram uma bolsa, que posteriormente foi apreendida. Nela, estavam uma pistola calibre 9 mm, um revólver calibre 38, que pertencia ao segurança do banco; treze munições e cinco aparelhos celulares. Ainda no interior do banco, também foi encontrada uma segunda pistola, dessa vez calibre 380, também municiada.
Depois que os criminosos foram rendidos, o gerente da instituição financeira levantou a blusa e mostrou que havia um cinto contendo explosivos, amarrados em sua cintura. Material, este, posto pelos infratores. Apesar da presença de emulsões, o equipamento não apresentava risco de detonação. Conforme colhido pelos policiais, os suspeitos ameaçaram os funcionários e alegavam que em um determinado horário, os explosivos seriam acionados. Uma composição do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) do Batalhão de Policia de Choque (BPChoque) da PMCE foi acionada e as medidas de segurança foram adotadas.
Na parte externa, foi encontrado um veículo roubado Fiat Punto, de cor vermelha, com placas clonadas. Há indícios que uma terceira pessoa estava no apoio da ação criminosa, mas empreendeu fuga ao visualizar os policiais chegando. Os criminosos foram conduzidos para a sede da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), onde foram autuados por tentativa de roubo a banco, receptação e na Lei das Organizações Criminosas. A delegacia especializada dará continuidade às investigações.
SSPDS

0 comentários:

Postar um comentário