Ads 468x60px

sábado, 28 de outubro de 2017

AGENTE RURAL NA SDA: Governo do Ceara vai contratar 237 técnicos de nível médio


O valor da bolsa é de R$ 1.254,00 as inscrições começaram dia 27 de outubro e vai até 5 de novembro. 

Estão sendo selecionados 237 bolsistas para atuar nos 14 territórios do Estado pelo período de 12 meses. O valor da bolsa mensal é de R$ 1.254,00

O Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), lança o Processo Seletivo para contratação de técnicos de nível médio completo no âmbito do Programa Agente Rural  (Edital Nº 015/2017). Estão sendo selecionados 237 bolsistas para atuar nos 14 territórios do Estado pelo período de 12 meses nas áreas de técnico em Agropecuária, técnico em Agricultura e técnico em Fruticultura. O valor da bolsa mensal é de R$ 1.254,00.

A inscrição para o Processo Seletivo do Programa Agente Rural ocorre entre os dias 27 de outubro e 5 de novembro de 2017 e será realizada somente via Internet, através da página www.sda.ce.gov.br (clique no link para acessar).  No ato da inscrição o candidato optará pela função, por um território onde deseja ser lotado, de acordo com a sua formação/perfil, e também escolherá em qual município (Aracati, Caucaia, Crateús, Crato, Iguatu, Itapipoca, Limoeiro, Quixadá e Sobral) realizará a prova objetiva.

De acordo com as normas fixadas pela Comissão Mista de Seleção de Candidatos ao Programa Agente Rural, o candidato assumirá total responsabilidade pelas informações prestadas no preenchimento da Ficha de Inscrição, arcando com as consequências de eventuais erros, omissões e declarações inexatas ou inverídicas. A validação das inscrições deverá ocorrer até as 23h59 do dia 06 de novembro de 2017 (horário local).

O resultado final da seleção será validado e divulgado no próximo dia 22 de dezembro e a apresentação dos aprovados nos locais de trabalho no dia 15 de janeiro de 2018. Leia a íntegra do Edital 015/2017 clicando aqui.

Seleção

A seleção dos inscritos ocorre em duas etapas: prova objetiva e análise curricular. A classificação final será definida pela média da soma da nota da prova objetiva com a nota da análise curricular. Será reprovado na prova objetiva e eliminado da seleção, não tendo nela qualquer classificação, o candidato que não acertar, no mínimo, 60% das questões. Em caso de empate entre os candidatos, terá preferência o candidato que tiver maior idade.

A prova objetiva, a ser realizada no dia 19 de novembro, avaliará os conhecimentos nas áreas de: Desenvolvimento Rural Sustentável, Agroecologia e Convivência com o Semiárido, Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural para a Agricultura Familiar e Reforma Agrária – PNATER e Política Nacional da Agricultura Familiar e Empreendimentos Familiares Rurais. Além desses conteúdos: Políticas Públicas da SDA, Extensão Rural no Ceará, Metodologias Participativas, Noções de Português e Noções de Informática.

Além da apresentação de xeroxes autenticadas dos documentos requisitados (CPF, comprovante de residência, duas fotos 3x4 e diploma ou certificado), a análise curricular observa: a experiência profissional na área de atuação, experiência em ATER, experiência como bolsista do Programa Agente Rural e formação complementar na área.


PortaldoHelvecio

0 comentários:

Postar um comentário