Ads 468x60px

quarta-feira, 29 de março de 2017

Governo do Ceará avança nas negociações para instalação de Terminal de GNL

kogas
O secretário de Assuntos Internacionais do Governo do Ceará, Antonio Balhmann, acompanhou uma comitiva sul-coreana da empresa Korea Gas Corporation (Kogas), maior empresa do setor de gás da Coreia do Sul, em visita às instalações do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).

A Kogas e o governador Camilo Santana assinaram, em novembro de 2016, um memorando de entendimento para o desenvolvimento de um projeto de instalação de uma unidade fixa de regaseificação da empresa, em parceria com a Companhia de Gás do Ceará (Cegás) e o Governo do Ceará, no Pecém, localizado em São Gonçalo do Amarante.

O projeto para a instalação de uma usina de regaseificação de Gás Natural Liquefeito (GNL) em terra firme no CIPP está caminhando a passos seguros, segundo o secretário Antonio Balhmann, que já projeta quando o empreendimento deve começar a ser construído. "Segundo uma prévia - o cronograma vai ser definido ainda - nós avaliamos que vai precisar de pelo menos um ano para começarmos essas obras", afirmou.

Segundo Balhmann, o projeto representa uma infraestrutura essencial para todas as empresas que se instalarem na ZPE Ceará e será a base para avançar com o gás até o Cariri cearense no futuro, tendo a Transnordestina, em Brejo Santo, como a base da distribuição do gás para aquela região. O projeto, avaliado em U$ 600 milhões, terá capacidade total de 12 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia, e possivelmente será desenvolvido em duas fases de seis milhões de metros cúbicos cada.

Em seguida, Balhmann participou à tarde, de uma reunião com mais de três horas de duração com as diretorias da Korea Gas Corporation (Kogas) e da concessionária Cegás, que estão à frente do projeto da usina de regaseificação. Também esteve presente, o secretário da Infraestrutura do Estado (Seinfra), Lúcio Gomes. O encontro ocorreu na sede da Cegás.

Na comitiva de coreanos que vieram ao Ceará, esteve o vice-presidente da Kogas, Su-Seog Ko, "em uma demonstração evidente de que a Kogas está querendo avançar no projeto", avaliou Antônio Balhmann.

No início da noite, a comitiva foi recebida pelo governador Camilo Santana, no Palácio da Abolição, para dar prosseguimento as tratativas de instalação do terminal de Gás no estado do Ceará.

 Portal do Helvecio

  

0 comentários:

Postar um comentário