Ads 468x60px

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Albert Sabin é referência em tratamento de câncer infantojuvenil


Duzentos pacientes deram início ao tratamento de câncer no Hospital Infantil Albert Sabin, do Governo do Estado, no ano passado. Em 2015 foram 183 crianças e adolescentes. “Atualmente, não temos filas para o tratamento de câncer infantil e temos uma emergência 24 horas”, ressalta a diretora geral do hospital, Marfisa Portela. Anexo ao Albert Sabin, o Centro Pediátrico do Câncer atende aproximadamente 400 crianças e adolescentes para tratamento quimioterápico.

Há 20 dias, a dona de casa Diana Cledia da Silva recebeu o que chamou de o “melhor presente da vida dela”. “Meu filho está curado, graças a Deus. Depois de seis anos de luta”, comemora. João Vitor, 16, foi uma das crianças no Albert Sabin que vivenciou os desafios da luta contra o câncer. Aos 10 anos, ele foi diagnosticado com leucemia mieloide aguda, um câncer que inicia na medula óssea e invade o sangue periférico, que flui e circula no corpo, interferindo na produção normal de outras células sanguíneas.


Por causa das manchas roxas espalhadas pelo corpo e as pequenas hemorragias nos lábios e gengivas que começaram a surgir no menino, Diana procurou de imediato o atendimento médico. “Levei ao posto de saúde, fiz um plano particular e começaram a investigar. Até que nos enviaram para o Centro Pediátrico do Câncer, onde ele foi diagnosticado e começou o tratamento”, conta.

Diana Cleide teve que largar o emprego para cuidar do filho. Mãe solteira, precisou contar com o apoio e orientação das pessoas que ela chama de anjos. “Tivemos muitos. E não falo de ajuda financeira, não. Muitas vezes, só uma palavra. Meu filho ficou sem andar, sem falar, e meus anjos vinham e me abraçavam, abraçavam meu filho e pediam a Deus por nós. Sou muito grata a todos eles porque foi muito difícil. Muito sofrido”, fala.

Há quatro meses João Vítor encontrou um doador de medula. Foi a São Paulo para o procedimento e retornou para casa. Seguiu todos os cuidados necessários. “No início do mês fizemos outra viagem, voltamos faz só 20 dias e eles disseram que deu tudo certo. Meu filho está curado”, diz emocionada. “Estamos tão felizes! Eu passei o réveillon na minha casa, ele passou com os amigos, os que ele fez no hospital. É perfeito”, se emociona.


Centro Pediátrico do Câncer
O Hospital Infantil Albert Sabin conta com um centro especializado em tratamento e serviço de diagnóstico precoce do câncer, referência nas regiões Norte e Nordeste do Brasil pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O Centro Pediátrico do Câncer (CPC) é resultado de uma parceria entre o Governo do Estado e a Associação Peter Pan (APP).

Formado por uma equipe de profissionais especialistas e qualificados para atendimento a crianças e adolescentes com câncer, o CPC conta com Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusiva para pacientes onco-hematológicos pediátricos; ambulatório de diagnóstico precoce e laboratório. O ambulatório oncológico do hospital funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 17 horas.

Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário