Ads 468x60px

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

A CASA CAIU: Polícia Civil age rápido e recupera carga de alimentos avaliada em mais de R$ 150 mil


A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) agiu rápido e, em pouco mais de 24 horas, recuperou uma carga de alimentos roubada e prendeu um homem envolvido no crime. A mercadoria, avaliada em mais de R$ 150 mil, foi encontrada em um galpão situado no bairro Messejana – Área Integrada de Segurança 4 (AIS 4) de Fortaleza. A ação policial, realizada nesse sábado (28), é resultado de trabalhos de investigação desenvolvidos pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC).

As investigações sobre o delito iniciaram logo após o motorista do caminhão que transportava os alimentos ir à DRFVC, acompanhado do seu ajudante, para registrar Boletim de Ocorrência (BO) sobre o caso. Ambos foram feitos reféns pelos assaltantes e, com a ajuda dos investigadores, eles refizeram o trajeto percorrido enquanto estavam em poder dos criminosos. Então, durante as diligências, a Polícia encontrou a carga em um galpão localizado no cruzamento das Ruas Nonato da Silva e Nova Portuguesa, na comunidade Cidade de Deus II, na Messejana, localizou a casa onde as vítimas permaneceram na mira dos assaltantes e prendeu um dos suspeitos.


O preso trata-se de Alexandre Tavares da Silva (19), que não possuía antecedentes criminais. Ele foi reconhecido pelas vítimas como sendo um dos homens que estavam armados no cativeiro. O suspeito foi capturado nesse sábado (28), ainda no imóvel utilizado pelos bandidos, na Rua 24 de Novembro, bairro Messejana.



A trama criminosa teve início na manhã da última sexta-feira (27), quando um homem armado interceptou o caminhão, de cor branca e placas HUX 3661, na Avenida Juscelino Kubitschek, Barroso. De acordo com os relatos das vítimas, o bandido entrou na cabine do veículo e obrigou o motorista a conduzir o transporte até a Avenida Perimetral. Lá, ele e seu auxiliar foram obrigados a embarcar em um veículo Corolla de cor preta, o qual estava ocupado por outros dois assaltantes.



Enquanto os comparsas descarregavam os produtos do caminhão, as vítimas permaneceram no cativeiro sob a mira de Alexandre e outros homens armados. Durante o tempo que ficaram com os suspeitos, as vítimas observaram as características dos locais por onde passaram e informaram à Polícia. Os passos foram refeitos e o trabalho resultou na prisão de um dos criminosos e na recuperação da carga. 



Alexandre foi encaminhado para a DRFVC e autuado em flagrante por roubo com emprego de arma, concurso de pessoas e restrição de liberdade da vítima, por associação criminosa e também na Lei das Organizações Criminosas. As investigações sobre o caso continuam no sentido de capturar os outros envolvidos. Dois deles foram identificados como Davi Tavares da Silva (28), que é irmão de Alexandre, e Magdiel Pereira Batista (21) – ambos sem antecedentes criminais. 


Fonte: SSPDS

0 comentários:

Postar um comentário