Ads 468x60px

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

DOMINGOS FILHO ELEITO: Briga pela Presidência da AL racha TCM.

Uma eleição que estava sendo administrada com consenso gerou uma disputa inesperada, na manhã desta quinta-feira, pela presidência do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A divisão é resultado da dissidência na base governista na corrida pela Mesa Diretora do Legislativo Estadual.
O conselheiro Domingos Filho foi eleito presidente, mas, ao invés da unanimidade que construíra até uma semana antes, teve que enfrentar uma disputa considerada inesperada: o conselheiro Hélio Parente, ligado aos irmãos Cid e Ciro Gomes, entrou na briga pela Presidência do TCM e, na briga com Domingos Filho, recebeu 3 dos 7 votos. Domingos conquistou o cargo com 4 votos e administrará um TCM dividido e na mira dos holofotes.
A eleição para o comando do Tribunal de Contas dos Municípios ganha visibilidade após o conselheiro Domingos Filho enfrentar, com a candidatura de Sérgio Aguiar, os irmãos Cid e Ciro e o governador Camilo Santana, aliados de José Albuquerque. Albuquerque é candidato a um novo mandato e, nos bastidores da Assembleia Legislativa, os aliados calcula uma vitória com, no mínimo, 27 e, no máximo, 30 votos. Domingos irá suceder na Presidência do TCM o conselheiro Francisco Aguiar, pai de Sérgio.

0 comentários:

Postar um comentário