Ads 468x60px

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Prefeito de Canindé Celso Crisostomo é afastado do cargo após fiscalização do TCM e MPCE

Restando apenas pouco mais de um mês para o término de seu mandato, o prefeito deste Município, Celso Crisóstomo, foi novamente afastado. A decisão foi determinada pela comarca do Município, após atender solicitação do Ministério Público do Estado (MPCE).
A decisão foi tomada com base nos relatórios de fiscalização produzidos pela comissão do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) em parceria com o MPCE, realizadas entre os dias 24 a 27 de outubro último. Os relatórios foram entregues a Procuradoria de Justiça dos Crimes contra a Administração Pública (Procap).
Entre os crimes comprovados pela fiscalização estariam  o não repasse de recursos de empréstimos consignados para as agências bancarias, obstrução durante a fiscalização do TCM, atraso dos repasses do IPMC, equipamentos não localizados no patrimônio, sucateamento dos veículos, vários medicamentos fora do prazo de validade, inúmeras irregularidade nos processos licitatórios, dentro outros.
O gestor já havia sido afastado outras vezes, mas conseguiu retornar ao cargo após impetrar uma liminar na Justiça.
Diário do Nordeste

0 comentários:

Postar um comentário