Ads 468x60px

terça-feira, 29 de novembro de 2016

ESPOSA RECONHECEU: Policia prende suspeito que atirou no empresario Petrônio Feitosa em Araguiana

     Thallysom Nunes da Silva é perigoso    Manoel Fernandes Batista é parceiro

O DEIC, também prendeu outro elemento que também é suspeito de ter participação no assalto e tentativa de homicídio contra o empresário parambuense Petrônio Feitosa de Castro, que por milagres passou por cirurgias na cabeça, seu quadro clínico é estável e ele permanece ainda na UTI de Hospital em Araguaina.  

A Polícia prendeu um jovem de 20 anos suspeito de envolvimento no assalto à residência de um empresário de Araguaína que acabou ferido com um tiro na cabeça no último dia 22.

A prisão de Thallyson Nunes e Silva, foi realizada por agentes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic). Segundo a Secretaria de Segurança Pública o rapaz preso já estava sendo investigado há alguns dias. Ele foi preso em sua residência no Bairro JK, onde os policiais civis encontraram várias porções de droga e uma arma de fogo.


Ainda de acordo com a Secretaria, Thallyson tinha um mandado de prisão em aberto da Cormarca de Balsas (MA), onde ele é o principal suspeito de um homicídio naquela cidade.

A Polícia também confirmou que a esposa de Petrônio reconheceu o suspeito que foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e posse de arma de fogo.

Thallyson foi levado para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanece À disposição da Justiça.

Comparsa

A Polícia também prendeu um comparsa de Thallyson que com problemas de saúde está internado no Hospital Regional de Araguaína (HRA) há cerca de um mês. Identificado como Manoel Fernandes Batista da Silva, ele recebe voz de prisão na unidade. 


Segundo o delegado José de Anchieta Menezes Filho, responsável pelo caso, Manoel teve participação no homicídio cometido por Thallyson no Maranhão e responde como coautor do crime que aconteceu no início deste ano. 

Manoel tem várias passagens pela polícia, por furto, roubo, porte de armas entre outros crimes.  

Entenda o Caso 

Petrônio Feitosa de Castro (41 anos), foi baleado dentro da própria casa quando foi surpreendido por bandidos que renderam a sua esposa na porta da residência e invadiram o imóvel que fica na Rua 01 do setor Patrocínio.

O proprietário da casa foi baleado na cabeça e em um dos braços e foi levado em estado grave para o Hospital Regional de Araguaín e logo depois transferido para um hospital particular da cidade onde permanece internado depois de ser submetido a um procedimento cirúrgico.

Os assaltantes fugiram do local R$ 30 mil em dinheiro, joias e também a caminhonete do casal que foi encontrada na noite do mesmo dia. Ela estava abandonada em um loteamento de Araguaína.


Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário