Ads 468x60px

terça-feira, 15 de novembro de 2016

EMPREENDEDORISMO: Refinaria chinesa vai fomentar cadeia produtiva em todo Ceará

O Secretário de Assuntos Internacionais Balhmann e o Governador Camilo Santana trazendo investidores para o Ceará. A partir de 2017 a geração de emprego e renda no Pecém vai trazer outros empreendedores
A vida de uma refinaria para o Ceará fomenta toda uma cadeia produtiva que já estava se formando no Estado quando do anúncio ainda da Premium II da Petrobras para o Ceará.
Pedro Silvino, professor do curso de Engenharia de Petróleo da Universidade Federal do Ceará (UFC), diz que, naturalmente, muitas outras empresas acabam sendo atraídas para se instalarem nas proximidades da refinaria, como fornecedoras de equipamentos, insumos e serviços, fortalecendo economicamente a região.
“A vinda de uma nova refinaria, com unidades de processamento adequadas para o melhor aproveitamento do petróleo, produzindo, por exemplo, combustíveis e insumos para indústria petroquímica, representa um grande avanço para a indústria cearense”, diz.
Hoje, a refinaria da Petrobras no Ceará, a Lubnor, tem como vocação a produção de ligantes asfálticos e lubrificantes naftênicos e, para o especialista, neste aspecto, uma refinaria aumenta o potencial econômico do Estado.
O que se poderia aproveitar é a frota de veículos cearense, que, segundo o professor, é uma das maiores do Brasil. “Em compensação os preços de combustível nos postos cearenses também se destaca dos preços em outros mercados”, diz. Em pesquisa da ANP, encerrada no último sábado, o preço da gasolina no Ceará é o 12º mais caro dentre as 27 unidades da federação, com média de R$ 3,779. 
(Beatriz Cavalcante)
Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário