Ads 468x60px

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Aeronave que era utilizada no tráfico de drogas se transforma em ferramenta para salvar vidas


Uma aeronave utilizada para transportar drogas em rotas do tráfico internacional passa agora a servir centenas de pessoas que precisam de transplante de órgãos no Ceará. A primeira missão da aeronave com o objetivo de salvar vidas foi realizada em outubro deste ano, em um voo entre as cidades de Mossoró (RN) e Fortaleza (CE). O órgão transportado foi um fígado, que foi doado para realização de um transplante no Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), referência em transplantes de órgãos no Ceará, especialmente de fígado, sendo considerada a unidade de saúde que mais realiza esse tipo de transplante no Brasil.


 Hoje quem vive graças a um órgão doado sabe da importância desse ato de solidariedade. É o caso do pequeno Kauã Nascimento, de 10 anos, que recebeu um novo coração e deseja retribuir a atenção e os cuidados da equipe médica do Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, o Hospital do Coração, em Messejana. “Eu quero ser cirurgião para demonstrar o que as pessoas fizeram por mim, para poder salvar a vida de outras criancinhas que precisam. Eu cheguei aqui com dois meses e já fiz 10 cirurgias. Deus me ajudou, estou de pé e bem. Hoje eu brinco, ando de bicicleta, jogo bola”, comemora Kauã.

    Para o pai do garoto, Irailson Nascimento, o transplante bem-sucedido e a boa recuperação do filho servem hoje de testemunho para que ele alerte outras pessoas para a importância da doação de órgãos. “Uma coisa que define tudo isso é amor. Meu filho está vivo hoje através de um ato de amor. Em um momento tão delicado, após perder um filho, a família teve a coragem de doar o coração para o meu Kauã. Doem, porque, nesse instante, existem várias pessoas dependendo de um ato desses para salvar vidas”, encoraja o pai.

Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário