Ads 468x60px

domingo, 30 de outubro de 2016

PESQUISA DO IBOPE: Naumi é o preferido do eleitorado de Caucaia


Com uma diferença relativamente grande em relação ao seu concorrente, o deputado estadual Naumi Amorim (PMB), pode ser eleito amanhã prefeito do Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, segundo os números da última pesquisa feita pelo Ibope para a TV Verdes Mares. Ele tem 59% dos votos válidos contra 41% do outro candidato, Eduardo Pessoa (PSDB).

No relatório da pesquisa, o Ibope diz que "a dois dias da eleição, Naumi Amorim mantém vantagem e deve ser o novo prefeito de Caucaia". Para facilitar a comparação com os resultados oficiais divulgados pelo Tribunal Regional Eleitoral, o Instituto calculou os votos válidos, que o total de todos os votos sem os brancos, nulos e indecisos.

A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 28 deste mês, com 504 eleitores, contratada pela Televisão Verdes Mares e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo Nº CE-09187/2016. A margem de erro máxima estimada é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Além de apresentar os resultados com os votos válidos, o Ibope apresentou, também, a evolução das intenções de voto totais, forma como os resultados estavam sendo divulgados até então. Os votos totais consideram o total de menções, ou seja, consideram também os votos brancos, nulos e indecisos, além dos referentes aos candidatos.

Neste quadro, Naumi Amorim tem 50%, 4% menos do que tinha em 13 de outubro. Eduardo Pessoa tem hoje 35%, 2% a mais do registrado em 13 de outubro. Hoje, 10% dos eleitores estão dispostos a votar branco ou anular e 5% não sabem ou preferem não opinar.

Caucaia é o único Município cearense além da Capital que tem segundo turno na disputa pela Prefeitura, pois registra mais de 200 mil eleitores.

Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário