Ads 468x60px

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

São João do Jaguaribe: Crime brutal contra vereador que correu e foi atingido várias vezes

José Elbio de Almeida Chaves, o Elbinho, 39, foi morto com tiros de escopeta e pistola
O vereador Elbinho (PPS) foi morto a tiros, por volta de 8h10 de ontem, no município de São João do Jaguaribe, onde morava e foi eleito para o cargo público. José Elbio de Almeida Chaves, o Elbinho, tinha 39 anos e nasceu no município de Limoeiro do Norte, que fica a 33Km de distância de São João do Jaguaribe.
Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), testemunhas afirmaram que os autores do crime estavam em um veículo Volkswagen Gol, de cor vermelha e placas não identificadas. Encapuzados, os criminosos anunciaram assalto a um comércio de propriedade de Elbinho e perguntaram pelo político.
Um funcionário informou que o proprietário não se encontrava no local, mas o bando não se satisfez com a resposta e continuou procurando por Elbinho nas dependências do comércio.
Enquanto o grupo encapuzado agia no interior do mercado, Elbinho se aproximou do local e percebeu a ação criminosa. O vereador correu em direção à sede da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente do município para tentar se esconder, mas foi perseguido e alvejado por vários tiros.
Escopeta
Elbinho não resistiu aos disparos de arma de fogo e morreu no local. Próximo ao corpo foram encontradas oito cápsulas de espingarda calibre 12 (escopeta) e quatro de pistola calibre Ponto 40. O homicídio será investigado pela Delegacia Municipal de São João do Jaguaribe (11ª Região). A reportagem tentou contato com o delegado responsável, mas ele não estava.
No pleito de 2012 para vereador, Elbinho conseguiu 370 votos e foi eleito para o cargo público. Na Câmara, Elbinho ocupava a posição de vice-presidente e presidia a Comissão de Finanças e Orçamento.
Outros casos
Elbinho não é o primeiro político assassinado no Ceará em 2016, ano eleitoral. O último crime com essa característica havia acontecido no dia 20 de agosto, no município de Senador Pompeu. O candidato a vereador por Quixeramobim, pelo partido PSB, policial civil José Cláudio Nogueira foi perseguido e morto a tiros dentro do carro, na CE-166. Os autores do crime teriam sido dois homens que estavam em uma moto.
Em 31 de julho, o vereador Manoel Paulino Cavalcante, conhecido como Walter Martins (PDT), foi morto com um tiro no tórax em Paraipaba. No dia 14 de abril, o vereador Antônio Chagas de Oliveira, conhecido como "Valmir do Monte Alegre" (PTB), foi morto a tiros no município de Catarina, após uma discussão sobre política.
O primeiro caso do ano aconteceu em Itarema, no dia 4 de janeiro. O vereador José Marcondes Rodrigues (PRB) foi morto em uma suposta tentativa de assalto na praia de Almofala.

Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário