Ads 468x60px

terça-feira, 16 de agosto de 2016

TAUA E SOBRAL: Oficinas regionais do QualificaESPSUS ocorrem dias 17, 19 e 20 de agosto


O Projeto de Qualificação da Atenção Ambulatorial Especializada nas Redes de Atenção às Condições Crônicas (QualificaESPSUS Ceará) realiza nos dias 17, 19 e 20 de agosto, nas policlínicas regionais em Tauá e Sobral, as duas primeiras oficinas para estruturação das redes integradas de atenção à saúde nas duas regiões. A Oficina 1 – A Atenção Ambulatorial Especializada nas Redes de Atenção às Condições Crônicas e a Oficina 2 – A integração entre a Atenção Primária à Saúde e a Policlínica reunirão em Tauá e Sobral gestores e trabalhadores que serão multiplicadores das oficinas nas duas policlínicas, além dos coordenadores municipais de Atenção Primária dos 28 municípios das duas regiões de saúde.

As policlínicas regionais em Tauá e Sobral foram definidas para dar início ao Projeto QualificaESPSUS Ceará que vai apoiar essas unidades na implantação do novo modelo de atenção proposto pela Secretaria da Saúde do Estado e integrá-las às equipes de Atenção Primária à Saúde. Nas duas regiões de saúde, 100% dos municípios aderiram ao Projeto de Qualificação da Atenção Primária à Saúde (QualificAPSUS Ceará) e já iniciaram as oficinas regionais com 1.420 trabalhadores da atenção primária. Além disso, os municípios-sede das duas regiões (Tauá e Sobral) já passaram por processos de qualificação da Atenção Primária à Saúde e as equipes já avançaram na estratificação de risco para as gestantes, crianças, hipertensos e diabéticos.

Um dos requisitos para a implantação do novo modelo nas policlínicas é que a atenção primária à saúde identifique a população-alvo, estratifique o risco e encaminhe para o atendimento especializado apenas os pacientes com alto e muito alto risco. Para tanto, a Secretaria da Saúde do Estado lançou, em janeiro de 2016, o Projeto QualificAPSUS Ceará, com o objetivo de apoiar os municípios no fortalecimento da atenção primária para que as equipes possam cumprir as funções de responsabilização pela saúde da população adscrita, de comunicação nas redes de atenção à saúde e de resolução de grande parte dos problemas de saúde da população sob sua responsabilidade, além de assumir a coordenação do cuidado nas redes de atenção à saúde nas condições crônicas e participar da rede de atenção às urgências.

Com a realização das duas oficinas do QualificaESPSUS, além do alinhamento conceitual sobre Redes de Atenção, Modelo de Atenção às Condições Crônicas e Atenção Ambulatorial Especializada, será aplicado o Instrumento de Avaliação da Atenção Ambulatorial Especializada nas Redes de Atenção à Saúde e, consequente, elaborado o plano de ação para implementação do Modelo de Atenção às Condições Crônicas nas duas policlínicas. Da mesma forma, será dado início ao processo de identificação das equipes da atenção primária vinculadas às policlínicas, bem como à identificação e dimensionamento da população-alvo pelas equipes da atenção primária, programação assistencial para a população-alvo e agendamento dos atendimentos pelas equipes da atenção primária.

Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário