Ads 468x60px

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

FORTALEZA ELEIÇÕES 2016: Roberto Claudio parte na frente e lidera pesquisa DATAFOLHA para Prefeito

Se nao  consegue traçar um resultado final do pleito em outubro, a primeira pesquisa da campanha, ao menos, mostra o potencial de crescimento de candidatos menos conhecidos e com índices de rejeição baixos. É isso que vários adversários comemoram, repercutindo o resultado da pesquisa O POVO/ Datafolha divulgada ontem.
O prefeito Roberto Cláudio (PDT), com 27% na pesquisa estimulada, lidera o ranking, mas preferiu ser cauteloso e afirmou que “pesquisa é sempre um retrato de momento”. Ainda assim, diz ver “com muita satisfação e felicidade esse resultado”. Para ele, essa é a hora de intensificar presença nas ruas para apresentar as obras entregues na gestão e as novas propostas.
Capitão Wagner (PR), em segundo lugar na estimulada com 20%, acredita que o número é “sinal de um crescimento muito grande”. O deputado estadual também alfinetou Roberto Cláudio e o acusou de obrigar funcionários a ir às ruas.
“O prefeito com a máquina que tem, o aparato nas ruas, o número de cargos comissionados, o número de funcionários que muitas vezes têm que ir às ruas por conta de estar na gestão, é natural que apareça num primeiro momento na frente”, avaliou Wagner.
Com 28% de entrevistados que o conhecem só “de ouvir falar” e 16% sem conhecê-lo, ele acredita que isso dá espaço para que ele cresça. “Estamos muito tranquilos, tenho certeza que vamos chegar no segundo turno”.
Quem também garantiu estar certo da ida ao 2° turno foi Heitor Férrer (PSB), em quarto lugar com 9% na pesquisa estimulada. Acima dele, está Luizianne Lins (PT), com 17%. A ex-prefeita comemorou resultado em vídeo enviado ao Blog do Eliomar, do O POVO Online. Ela está tecnicamente empatada com Capitão Wagner ma 2ª colocação, já que a margem de erro é de três pontos para mais ou para menos. “Nós gostamos muito do resultado da pesquisa, na verdade eu posso dizer que está melhor do que eu imaginava”, disse. “Todas as vezes que ganhei as eleições eu não estava no primeiro lugar”.
Convicto de que vai subir nas intenções de voto, Heitor apostou em Luizianne como a primeira a “cair” nos resultados. Ele aponta a rejeição alta da parlamentar, de 35%, maior que a do prefeito, que tem 29%. “A presença dela é mais um ‘recall’, ela teve uma administração muito rejeitada pela população”, analisou.
No vídeo, porém, ela rebateu. “A gente sabe que uma parte da população não gosta muito da esquerda, tem algumas ideias mais conservadoras mesmo”, afirmou. Ela também destacou a rejeição do PT como fator que influencia.
O Povo
Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário