Ads 468x60px

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Quiterianopolis: Por força de liminar Prefeito Barreto volta ao cargo com bens indisponíveis.

Como era previsto o Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife no Pernambuco, acatou o agravo de Instrumento dos advogados de defesa do Prefeito de Quiterianópolis, José Barreto Couto(SD), da Primeira Dama do Município Juliana Monteiro Abreu e da Secretária de Educaçao do Município, Antonia Genilde Soares de Meloafastados no dia 21 de junho de 2016, pelo o Juiz Federal da 24ª Vara, em Tauá, Dr. João Batista Martins Prata Braga, atendendo Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa movida pelo Ministério Público Federal, que constatou desvios de recursos federais da educação através do FUNDEB. Outros processos de improbidade administrativa contra o gestor de Quiterianopolis, tramitam na Justiça Federal em Tauá e no Tribunal Regional Federal da 5ª Região em Recife, e ele poderá vir a ser afastado novamente.

O Desembargador Federal Paulo Roberto de Oliveira Lima, que concedeu liminar ao Prefeito Dr. Barreto, no despacho, disse que  o afastamento teria sido desproporcional, mas não entrou no mérito sobre o cometimento ou não do crime de improbidade administrativa. O magistrado manteve a indisponibilidade dos bens do prefeito José Barreto. 

Da mesma forma que voltou ao cargo o Prefeito de Quiterianopolis, Dr. Barreto, poderá ser novamente afastado a qualquer momento ja que outros processos estão tramitando no Tribunal Regional Federal da 5ª Região, na área penal, pela mesma denúncia de improbidade administrativa via Ministério Público Federal.
Prefeito Barreto e Primeira Dama
que estavam afastados da Prefeitura de
Quiterianopolis, retornam aos cargos

Novas denúncias

Novas denuncias estão tramitando na justiça por improbidade administrativa contra o Prefeito José Barreto Couto, inclusive no Tribunal Regional Federal da 5ª Região em Recife, movido pelo Ministério Público Federal. a oposição de Quiterianopolis, está confiante que o gestor será novamente afastado devido a gravidade de outros desmandos. Em Tauá, na 24ª Vara Federal, uma outra Ação de Improbidade está protocolada pelo Ministério Público Federal(MPF), que está tramitando até o Juiz Federal, Dr. João Batista Martins Prata, julgar o mérito. Segundo o Advogado Erisvaldo Coutinho, informa que, " Isso foi apenas a ponta do Iceberg. São muitas as irregularidades da gestão do atual Prefeito. Nunca se viu tantos desmandos na Prefeitura de Quiterianopolis ".

Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário