Ads 468x60px

sexta-feira, 17 de junho de 2016

ICÓ: Dois suspeitos são presos em cumprimento a mandados pela morte de estudante de direito


Os dois foram capturados na localidade de Sítio Retiro
Investigações realizadas pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultaram no cumprimento de mandados contra dois homens suspeitos de envolvimento na morte do estudante de Direito, Lucas José Peixoto Nascimento (19). As capturas ocorreram no início da manhã desta sexta-feira (17), na cidade de Icó – Área Integrada de Segurança 16 (AIS 16) do Estado.

As apurações sobre o caso, efetuadas por policiais da Delegacia Regional de Icó, levaram a Polícia aos amigos José Anderson Estevão da Silva (20), conhecido como "Andinho", que responde por porte ilegal de arma de fogo e receptação, e Deoclécio da Silva (24), conhecido como "Neném", que também responde por porte ilegal e é investigado em outro homicídio, ocorrido em 2011, na mesma cidade.

Contra a dupla, foram cumpridos mandados de busca e de prisão - por homicídio qualificado por vingança. Os dois foram capturados na localidade de Sítio Retiro. Foram apreendidas com eles duas motocicletas de cores vermelha e vermelha e preta, capacetes e algumas peças de roupa, que serão analisadas a fim de apurar se foram usadas no dia do crime. Além de serem apontados como envolvidos na morte de Lucas, os dois são suspeitos de integrarem uma quadrilha atuante no tráfico de drogas na região.

De acordo com o delegado Marcos Sandro, responsável pelas apurações, a principal linha de investigação sobre a morte do estudante é execução. “Não descartamos nenhuma possibilidade ao longo das investigações, mas a hipótese de latrocínio está cada vez mais distante”, avalia. Ainda segundo o delegado, no momento do crime, na noite do último sábado (11), os infratores se aproximaram da vítima e não anunciaram assalto. “Não levaram nada e logo apontaram a arma e efetuaram os disparos. Normalmente, em casos de roubo cometidos por dois assaltantes em uma moto, o garupeiro desce do veículo e toma os pertences da vítima” esclarece, informando que não foi o que aconteceu nessa situação.

Ainda segundo os levantamentos, no mês de maio deste ano, Lucas promoveu uma festa em um clube da cidade. “Andinho” e “Neném” também foram para o evento. Lá, “Andinho” foi visto por Lucas armado e ameaçando algumas pessoas, o que fez a vítima chamar a Polícia.

No momento de sua morte, Lucas ainda reagiu e efetuou dois tiros de um revólver calibre 22, mas não acertou os suspeitos, sendo atingido por eles. A arma da vítima foi apreendida no local. Logos após o delito, a Polícia recebeu denúncias informando que os autores eram “Andinho” e “Neném” e que eles teriam utilizado uma moto Bros durante o delito – modelo de uma das motos apreendidas com eles nesta manhã (17). As investigações sobre o caso prosseguem.

Fonte: SSPDS








0 comentários:

Postar um comentário