Ads 468x60px

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Avançando no Projeto: Ceará vai treinar mão de obra para atuar no hub



                       Fortaleza concorre, juntamente com Natal e Recife, ao hub da Latam.  
Na disputa para receber o hub (centro de conexões de voos) internacional da Latam no Nordeste, o Governo do Ceará pretende disponibilizar a estrutura de escolas profissionalizantes do Estado para a formação de mão de obra para o setor aeroportuário. A proposta está prevista no protocolo de intenções que o governo deverá firmar com a Latam ainda neste mês. Concorrem pelo empreendimento, as cidades de Fortaleza, Natal e Recife.
"Uma das facilidades que o Estado colocou para aumentar ainda mais essa atratividade, é usar toda essa estrutura que já tem das escolas profissionalizantes para ajudar a desenvolver os recursos humanos para uma indústria que crescerá muito, que é a aeroportuária", disse o secretário da Infraestrutura do Estado, André Facó, após a apresentação de oportunidades de investimentos no Ceará, realizada na manhã de ontem na Federação das Indústrias do Ceará (Fiec).
Demandas
Segundo Facó, essa foi uma das demandas apresentadas pela companhia. A ideia é que os centros ofereçam capacitação para atividades como, atendimento de check-in e movimentação de cargas. Entre outras propostas que integram o protocolo, estão incentivos fiscais (estaduais e municipais) voltados para empresas interessadas em implantar um hub na Capital, e aspectos relacionados ao cronograma de instalação do empreendimento.
"São itens que colocam o Ceará como um local que tem ganhos em relação aos outros estados. No protocolo, além da questão tributária, você tem de estabelecer marcos e responsabilidades do que cada um vai fazer para que a gente possa dar confiança para que a Latam enxergue o Ceará como local mais consistente para o hub", disse Facó.
ZPE
O secretário acredita que a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) Ceará é outro fator que favorece o Estado na disputa. "Nós temos a possibilidade de integrar essa indústria da ZPE com a indústria aeroportuária. A expectativa é que, em junho, a gente tenha isso já finalizado para que haja, posteriormente, a formalização (do protocolo)".
Data
Conforme publicado pelo Diário do Nordeste no último sábado (4), a assinatura pelas partes deve ocorrer mesmo que a Latam adie mais uma vez a data de escolha da cidade que sediará o hub, como fez no fim de 2015.
Procurada pela reportagem, a Latam enviou a mesma nota que repassa à imprensa há seis meses, desde que adiou a data de escolha: "A Latam Airlines Brasil continua avaliando todas as condições para a definição da capital que abrigará o hub no Nordeste. Esta decisão poderá ocorrer ainda no 1º semestre de 2016".
Segundo Facó, cuja equipe realiza teleconferências semanais com representantes da companhia, a Latam ainda não sinalizou quando anunciará a cidade escolhida. "Creio que as conversas estão ocorrendo (com os três estados). Temos um arcabouço legal muito consistente e que nos coloca em vantagem".

Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário