Ads 468x60px

sábado, 14 de maio de 2016

Trabalhando muito: Prefeito Roberto Cláudio inaugura quarta UPA Municipal

A nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA-24h) Dr. Fernando Guanabara, localizada no bairro Vila Velha (Regional I), foi entregue à população nesta sexta-feira (13/05) pelo prefeito Roberto Cláudio. Essa é a quarta UPA municipal. Desde a inauguração da primeira, em fevereiro de 2014, mais de 850 mil pessoas foram atendidas. O atendimento nas Unidades do Município tem média de 14 mil consultas por mês.
Nas UPAs, são oferecidos atendimentos de urgência e emergência clínicas, como crises de pressão, febre alta, início de infarto, acidente vascular cerebral (AVC), cortes na pele com ferimento exposto e outros. Os usuários também podem contar com aparelhos de eletrocardiograma, raios-x e o serviço completo de exames laboratoriais.
As UPAs funcionam de domingo a domingo em horário integral, prestando atendimentos adultos e pediátricos. “O equipamento irá funcionar com médicos clínicos, pediatras, dentistas e outros profissionais 24h por dia, de domingo a domingo. A UPA dará assistência na primeira dor do cidadão. Por isso funciona como emergência e urgência para atendimentos que não precisam de uma cirurgia, mas que também não é tão leve que o paciente aguente ficar em casa até o dia seguinte ou que não seja resolvido no posto de saúde”, comentou o prefeito Roberto Cláudio.
A secretária municipal da Saúde, Socorro Martins, destaca a importância da ampliação desse serviço em Fortaleza. “As UPAs vêm para cobrir alguns espaços que estavam vazios na assistência da saúde, além de dar mais acesso e rapidez para o usuário dentro do Sistema Único de Saúde. A unidade vai atender crianças e adultos, fazer uma avaliação clínica, dar o primeiro atendimento, acompanhar o paciente na observação e, caso precise de internação, ser transferido para o hospital. Hoje, nossas UPAs respondem por 95% de resolubilidade, pois praticamente todos os pacientes que chegam no equipamento tem seus casos resolvidos com o atendimento no próprio local”, ressalta.
Nas UPAs, os usuários são acolhidos e classificados conforme a gravidade do caso, seguindo o protocolo de Manchester, que orienta a utilização das cores vermelha, laranja, amarela, verde e azul para organizar a prioridade dos atendimentos. Após a classificação, o usuário é direcionado ao médico. Ao ser estabilizado, o paciente é encaminhado para uma unidade de saúde de referência.
Para o comerciante João Vasconcelos, a UPA no bairro Vila Velha veio em boa hora. “Fico extremamente feliz em ver esse equipamento na nossa comunidade. Sem dúvida, veio só para melhorar ainda mais nossa comunidade. Quando tem saúde, tem tudo”, disse.
Saiba mais
O prefeito Roberto Cláudio já inaugurou as UPAs Dr. Eduíno França Barreira, no Cristo Redentor (Regional I); Dr. Haroldo Juaçaba, na Serrinha (Regional IV); e Dr. Fábio Landim, no Jangurussu (Regional VI). Agora, Fortaleza possui quatro UPAs sob a gestão municipal e seis UPAs sob a gestão estadual. “As UPAs cumprem um papel praticamente inexistente em Fortaleza há cinco anos. Em pouco mais de três anos, estamos entregando o quarto equipamento municipal. Antes disso, não havia nenhum. No fim do mês, será inaugurada a quinta UPA municipal, localizada no Bom Jardim, e começaremos até junho a construção da sexta. Fecharemos o ano com uma rede com 12 UPAs municipais”, adiantou o Prefeito.

Sobre o homenageado
Fernando Guanabara graduou-se em Medicina no ano de 1984 pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Especializou-se em Pediatria (1994), Administração Hospitalar (1996), Medicina do Trabalho (1999), Epidemiologia e Vigilância à Saúde (2011) e fez Pós-Graduação em Dermatose Sanitária (2007). Admitido na Secretaria de Saúde Municipal de Fortaleza por concurso público, no dia 26 de fevereiro de 1985, foi lotado no posto de saúde Otávio Lobo, na Regional I, no qual permaneceu por 16 anos. Em 2001 foi lotado no Centro de Saúde da Família Dr. Anastácio Magalhães, onde prestou o serviço durante quatro anos. Em 2005, foi nomeado diretor do setor de Vigilância Epidemiológica da Regional I, onde trabalhou até a data do seu falecimento. Fernando Guanabara atuou ainda na rede particular como médico do Hospital Luís de França e fundou a clínica de multi especialidades Climeo.

Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário