Ads 468x60px

domingo, 22 de maio de 2016

Padre Maurizio Cremaschi: A visão do que acontece no Brasil se houvesse uma melhor divisão





VAMOS PEDIR UNS PEQUENOS SACRIFÍCIOS AOS MAIS RICOS E TAXAR AS GRANDES FORTUNAS?
O Patrimônio dos 15 mais ricos supera a renda dos 14 milhões de família assistidas pela Bolsa Família. No topo da lista da Forbes está o clã Marinho, dono das Organizações Globo, que aparece com uma fortuna acumulada de 64 bilhões de reais. As 62 famílias mais ricas do mundo possuem a metade dos bens do mundo.

OS 10 MAIS RICOS DO BRASIL
10° Walter Faria – U$ 2.6 bilhões – Grupo Petrópolis
Após comprar a Cervejaria Petrópolis em 1998, Walter Faria fez crescer de 2 para 11% de participação no mercado nacional de cervejas. Suas grandes marcas são as cervejas Itaipava e Crystal, que ocupam a 6° e 7° entre as mais vendidas do pais. Se consolidou como a segunda cervejaria do mercado, atrás somente da Ambev. Em comparação a 2015, sua fortuna caiu de U$3.4 bilhões para U$2.6 atualmente, porém, ele alcançou grandes feitos, como nomear duas arenas da Copa do mundo, Recife e Salvador, como Arena Itaipava.
9°Irmãos Moreira Salles – U$ 2.8 bilhões – Itaú-Unibanco SA
Fernando Roberto Moreira Salles, 69 anos, é um dos 4 irmãos herdeiros de seu falecido pai Walther Moreira Salles, fundador do Unibanco. Após a fusão do Unibanco com o Itaú em 2008, cada um possui um participação controladora do maior banco da América Latina atualmente. Cada um dos irmãos possui um patrimônio avaliado em 2,8 bilhões de dólares.

9° João Moreira Salles, 54 anos, é um dos 4 irmãos são herdeiros do Unibanco, hoje incorporado ao Itaú. Apesar de vir de uma família de banqueiros, ele optou por ser documentarista, roteirista e produtor de cinema. Ele já produziu e criou vários documentários através de sua produtora Vídeo Filmes fundada em 1987. Pedro Moreira Salles, 56 anos, também possui participação no Itaú-Unibanco. Além dessa fonte de renda, Pedro é sócio da empresa de investimentos Cambuhy Investiment. Em 2015, essa empresa adquiriu uma participação da Hering, a maior rede de franquias de varejo do Brasil. Também possui participação na Parnaíba Gás Natural (PGN). Walther Moreira Salles Junior, 59 anos, pertence a uma família de banqueiros mais antigas do país. Além da participação no Itaú-Unibanco, ele e seus irmãos são acionistas majoritários na Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), líder mundial no fornecimento de nióbio.
8° Jorge Moll Filho – US$ 3 bilhões – Rede D’Or São Luiz
Jorge, 71 anos, é cardiologista e mestre em saúde publica pela UFRJ. É empresário e dono de uma das maiores operadoras de hospitais e laboratórios do Brasil. Atualmente, a Rede D’Or possui 31 hospitais e mais 3 unidades em construção entre os estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal e Pernambuco. Em 2010, adquiriu o controle do grupo hospitalar São Luiz, totalizando 34 mil funcionários, 4,9 mil leitos e 3 milhões de atendimentos de emergência por ano.

7° Abílio Diniz – US$ 3.4 bilhões – Carrefour e investimentos 
Com residência em São Paulo, Abílio Diniz, 78 anos, 6 filhos, controla a holding Península Participações, com investimentos na Dufry AG, BRG Brasil Foods, BCAA Educação e seu mais significativo investimento no Carrefour, onde detém 10% das ações nas unidades no Brasil. Isso mesmo, após vender todas as suas ações do Grupo Pão de Açúcar, fundado por seu pai, Diniz atua na antiga concorrente. Ele ainda estuda vender seus 62 imóveis que aluga aos Supermercados Pão de Açúcar para comprar mais participações no Carrefour.

6° Irmãos Marinho – US$ 4.3 bilhões cada um – Organizações Globo
José Roberto Marinho, (conhecido internamente por “Zé”) é casado e possui 59 anos. É filho e herdeiro do fundador da Organizações Globo, Roberto Marinho. Todo o conglomerado construído, foi dividido entre os 3 filhos que segue nesse ranking. José ocupa o cargo de vice-presidente em conjunto com o João Roberto Marinho. O irmão mais velho, Roberto Irineu Marinho, é o presidente da companhia que se tornou o segundo maior conglomerado de mídia do mundo.
João Roberto Marinho é dos 3 irmãos bilionários das Organizações Globo e participações. Juntos, somam mais de R$ 50 bilhões em patrimônios. A empresa dos Marinho expandiu tanto nos últimos anos que obteve lucro de 6 bilhões somente em 2012, em uma receita total de 12 bilhões. As novelas são um dos produtos de maior destaque internacional e são vendidas pra mais de 100 países. João possui 61 anos e é casado com Gisela Marinho. Atualmente é presidente do Conselho Editorial e vice-presidente da companhia. Roberto Irineu Marinho, 67 anos, casado, com 4 filhos, é um dos homens mais influentes do Brasil através das Organizações Globo. Como proprietário e presidente do grupo, controla 5 emissoras próprias de TV aberta e mais 117 afiliadas. Controla também mais de 30 canais a cabo: Megapix, Gloob, GNT, Multishow, Viva, Bis +, Globosat, OFF HD, Combate, SporTV, PFC, GloboNews e a rede Telecine. A empresa atua em diversos outros setores como mídia impressa, rádios e possui uma das mais importantes gravadores do Brasil, a SOM LIVRE.

5° Eduardo Saverin – US$ 6.2 bilhões – Facebook e investimentos
Eduardo (32 anos) continua no 6° lugar com um patrimônio avaliado em U$5.1 bilhões (mais jovem da lista). Ele foi um dos co-fundadores do Facebook em conjunto com Mark Zuckerberg. Hoje ele possui 2,5% em ações da rede social. Segundo a Forbes, o aumento de sua fortuna foi em razão dos investimentos feitos em diversas startups como Qwiki, Jumio, Hampton Creek Foods e Silvercar. E sobre tudo, a alta valorização do IPO do Facebook nos últimos anos. Atualmente, Saverin mora em Cingapura.

4° Carlos Alberto Sicupira – U$11.3 bilhões – Anheuser-Busch Inbev
Esse empresário de 67 anos, faz parte de um trio bem sucedido. Em conjunto com Jorge Paulo Lemann e Marcell Telles, controlam a cervejaria Anheuser-Busch Inbev (Inbev), a maior cervejaria do mundo, com 25% de market share global e além de ser uma das 5 maiores empresas do mundo em produtos de consumo. Também é um dos donos da rede de fast food Burger King, uma das maiores franquias do mundo.

3° Marcel Herrmann Telles – U$13 bilhões – Anheuser-Busch Inbev
Esse homem de 65 anos é cervejeiro nato, fundou a AmBev com a fusão da Antartica e Brahma e depois se associou com a cervejaria belga Interbrew, e assim surgiu a InBev, e mais tarde com a compra da Budweiser, se tornou a ABinBev, a maior cervejaria do mundo. Com seus parceiros, Jorge Paulo Lemann e Carlos Alberto Sicupira administram e controlam o reinado da cerveja nacional e a gigante do varejo, Lojas Americanas.

2° José Safra – U$17.2 bilhões – Banco Safra
Esse libanês viu no Brasil uma oportunidade de crescer e investir. Naturalizou-se brasileiro e fundou o Banco Safra – um dos 10 maiores bancos do Brasil – com seus irmãos. No entanto, não parou por ai. Investiu na Aracruz Celulose SA, uma empresa de telefonia em Israel e diversos bancos menores espalhados pelo mundo. No ano de 2014, sua fortuna estava avaliada em U$16 bilhões, mostrando certa estabilidade nos negócios.

1° Jorge Paulo Lemann – U$27.8 bilhões – Anheuser-Busch Inbev
Não tem como falar do Jorge sem falar dos seus parceiros. Esse carioca de 75 anos, forma o trio da cerveja junto com Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira controlam a ABinBev, a maior cervejaria do mundo. Se você bebe uma Skol, Brahma, Antártica, Pepsi ou Guaraná Antárctica, você está contribuindo para fortuna desses três. Também são donos das Lojas Americanas, Americanas.com, Submarino.com, Burger King no Brasil e recentemente adquiriu em conjunto com Warren Buffet a Heinz ketchup (o ketchup mais consumido do mundo). Desde a queda de Eike Batista, Jorge ocupa pela segunda vez a primeira posição entre os homens mais ricos do Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário