Ads 468x60px

sábado, 14 de maio de 2016

HOSPITAL REGIONAL EM SOBRAL: #MêsdasMães: HRN faz campanha de doação de leite materno a partir de segunda (16)

banner banco de leite HRN--
A partir dessa mobilização, o hospital estará aberto para toda a comunidade, todas as quartas-feiras, das 7 às 18 horas, para receber doações de leite

Entre os dias 16 e 20 deste mês, o Hospital Regional Norte (HRN), da rede pública do Governo do Estado, fará campanha de aleitamento materno, aproveitando o Dia Mundial de Aleitamento Materno (19 de maio). A partir dessa mobilização o HRN, todas as quartas-feiras, das 7 às 18 horas, vai receber doações de leite e vai estar aberto para toda a comunidade. De acordo com Samara de Andrade, coordenadora do Banco de Leite Humano do HRN, o principal objetivo é reforçar o estoque e garantir a regularidade da assistência prestada à região, pelo atendimento do hospital. “Durante a campanha, vamos receber todas as mães que estejam saudáveis, amamentando e dispostas a doar. Elas devem trazer o cartão do pré-natal e algum documento com foto, para que seja feita a triagem das doadoras e a coleta”, informa.

A dona de casa Maria Vanuza Gomes, moradora de Sobral, teve de mudar sua rotina logo após dar à luz a filha Marília, que nasceu de sete meses. O bebê, agora com um mês de vida, teve complicações durante o parto e foi transferido para o Hospital Regional Norte. Durante a estada no hospital, a mãe da criança resolveu doar parte do leite que sobrava logo após amamentar a filha; uma boa lembrança que ela diz levar para casa quando a menina tiver alta médica. “Acho importante poder alimentar outras crianças com o leite que sobra do peito. É uma emoção inexplicável”, diz a mãe de primeira viagem.

Acolhida na Enfermaria Canguru, que possui capacidade para atender até dez mulheres, a jovem mãe Ana Carolina Nogueira  mantém junto ao peito a pequena Ana Sophia, que também veio ao mundo prematura de sete meses e passou pela Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) para ganhar peso. O período de incubadora ficou para trás, mas a pequena ainda continua em observação até que esteja pronta para conhecer sua casa, em Camocim, no Litoral Oeste. Logo ao chegar no HRN, Ana Carolina teve que aprender todo o processo da coleta de leite para alimentar a filha, além dos cuidados necessários relacionados à amamentação correta. Aos poucos, o estranhamento inicial foi dando lugar a uma rotina que tem se seguido em busca do peso ideal e a saúde necessária à alta hospitalar. Ana se diz emocionada ao saber que o leite excedente que ela produz, alimenta outros bebês. Seguindo o método canguru, utilizado para fortalecer o vínculo mãe e filho, Ana Carolina aconchega Ana Sophia junto ao peito, enquanto acaricia o rosto da filha. “Fico feliz quando sinto que minha filha está de barriguinha cheia e o leite que sobra ajuda a outras crianças aqui do hospital”, fala emocionada.    

A Enfermaria Canguru, onde estão Vanuza e Ana Carolina, assim como a UTI Neo, com 18 leitos, e a UCI com 48 leitos, faz parte do complexo de atendimento às mães da região, que encontram no Centro de Apoio à Saúde Reprodutiva da Mulher o atendimento necessário para a pronta recuperação de seus bebês. O Banco de Leite Humano também faz parte desse complexo. Foi em junho do ano passado que o Banco de Leite Humano do HRN passou a oferecer o serviço de pasteurização, que agiliza o atendimento e amplia a oferta de leite materno para a dieta dos bebês. O processo também garante o estoque de leite doado para os filhos de mães que não produzem leite suficiente. Antes, quando o Hospital Regional Norte tinha apenas o posto interno de coleta, o leite coletado era enviado para ser pasteurizado no Hospital Geral Dr. César Cals, em Fortaleza. Com a instalação da máquina de pasteurização no HRN, todo o processo passou a ser feito no próprio hospital, o que otimizou o atendimento.

Este ano, entre os meses de janeiro e abril, o Banco de Leite do HRN realizou 3.768 atendimentos, uma média de 942 por mês, com apoio de 144 doadoras; do total, 170 recém-nascidos foram beneficiados com leite doado (43,5 litros), com uma média aproximada de 11 litros mensais coletados. A média mensal para suprir a demanda da UTI Neonatal chega a 20 litros de leite humano.

Além das doações de leite materno, o Banco de Leite do HRN também recebe doações de frascos para armazenar o leite doado. Podem ser frascos de vidro lisos, do tipo “café solúvel”, de até 100 gramas, com tampas plásticas e bordas arredondadas. Todos os frascos doados são utilizados para o correto armazenamento do leite. Os bebês prematuros recebem leite em pequenos volumes e, para não haver desperdício, o  Hospital Regional Norte necessita de frascos com tamanhos adequados.


Serviço:

Campanha de Doação de Leite Materno do HRN

Telefone: (88) 3677. 9467
Data: de 16 a 20 de maio
Horário: de 7h às 18h
Local: Hospital Regional Norte - Entrada pelo Centro de Apoio à Saúde Reprodutiva da Mulher, na Avenida John Sanford, 1.505, Bairro Junco, Sobral.


0 comentários:

Postar um comentário