Ads 468x60px

domingo, 1 de maio de 2016

DANÇOU: Garota de programa é presa por morte de paulista em Fortaleza

 
Investigações da Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur) resultaram na elucidação do homicídio de um mestre de obras paulista ocorrido, em junho do ano passado, dentro de uma pousada no Centro de Fortaleza. A principal suspeita do crime foi capturada na noite de ontem (28) na Avenida Beira Mar, na Área Integrada de Segurança 06 (AIS 06), por força de um mandado de prisão preventiva. 

Francisca Franciene da Silva (46), a "Neide", possui antecedentes criminais desde 1999, quando foi presa pela primeira vez. Entre as passagens pela Polícia estão 13 procedimentos policiais por roubo, além de furtos, uso de documento falso e homicídio. "Neide" foi capturada, na Avenida Beira Mar, por policiais militares do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), em conjunto com policiais da Deprotur. Ela estava oferecendo programa quando foi capturada. Com a mulher, os policiais apreenderam um canivete, 15 comprimidos de rivotril - divididos em três cartelas, dez chips telefônicos, além de três cartões de memória, três cartões de crédito e a quantia de R$ 114. 

De acordo com a delegada Adriana Arruda, titular da Deprotur, "Neide" é a principal suspeita de aplicar o golpe "boa noite Cinderela" (que consiste em drogar uma vítima para roubá-la), que levou à morte o mestre de obras paulista Paulo Ferreira (53). O crime ocorreu em junho do ano passado dentro de uma pousada localizada na Avenida Dom Manuel, no Centro de Fortaleza. 

Imagens das câmeras de monitoramento do estabelecimento comercial, além dos depoimentos das testemunhas ajudaram a Polícia a chegar na autoria delitiva do crime. Já o exame cadavérico realizado na vítima constatou a presença da substância benzodiazepínico, encontrada nos comprimidos de Rivotril, os mesmo que estavam em posse de "Neide" no momento da sua prisão.  



Fonte: SSPDS

Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário