Ads 468x60px

sábado, 14 de maio de 2016

AMAZONAS: Eduardo Braga recebeu entre R$ 20 e R$ 30 milhões em propina, diz delator

Braga fazia ameaças se houvesse atraso no pagamento da propina. "Ele era jogo duro", afirmou ex- diretor da Andrade Gutierrez, empresa que construiu a Arena Amazônia, em Manaus. Braga teria recebido entre R$ 20 e R$ 30 milhões, segundo estimativa de  Rogério Nora de Sá
Os ex-executivos  da Andrade Gutierrez, Clóvis Peixoto Primo e Rogério Nora de Sá,   revelaram  que pagaram propina ao  ex-governador  do Amazona, Eduardo Braga(PMDB)  . Os delatores disseram  que havia uma combinação, que ocorreu durante os oito anos do governador Braga,   de pagamento de propina de 10% sobre o valor de cada obra da empreiteira  Segundo Clóvis Primo, Braga fazia ameaças se houvesse atraso no pagamento da propina. "Ele era jogo duro", afirmou. Braga teria recebido entre R$ 20 e R$ 30 milhões, segundo estimativa de Sá. Omar Aziz também foi citado. 
  Primo disse ter se encontrado Omar em hotel em Brasília,   e que tentou negociar com o então gocvernador e sucessor de Braga a redução da propina, mas  após fazer "um grande teatro" e ter se exaltado, Aziz aceitou a redução para 5% do valor das obras.
Segundo Sá, em outra reunião, em São Paulo, Omar Aziz pediu propina de R$ 20 milhões à construtora, alegando que a empresa tinha grande volume de obras no estado e que a verba seria usada para pagar despesas de campanha.
Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário