Ads 468x60px

segunda-feira, 4 de abril de 2016

279 PM: Formação de novos policiais foi marcado por homenagem e emoção

União e otimismo marcam a formação de 279 novos policiais militares do Estado
"Tenho o orgulho de ser o comandante geral desta tropa, por saber que temos homens e mulheres corajosos e honrados. São homens e mulheres que doam suas vidas para entregar um Estado seguro. Sei também das dificuldades que muitos passaram para chegar aqui, mas saibam que juntos somos uma família. Estamos todos com um mesmo objetivo, o de trazer alento, segurança e conforto, defendendo todos os cearenses de bem". A frase é do governador Camilo Santana, que esteve na solenidade de formatura dos 279 novos soldados da Polícia Militar do Estado na manhã desta segunda-feira (4), no Centro de Eventos do Ceará. A cerimônia foi marcada por esse clima de união e otimismo em nome de um interesse em comum, a segurança pública.
O chefe do Executivo, que foi agraciado com uma Medalha de Reconhecimento, destacou que o trabalho voltado para o combate à violência tem sido uma das suas prioridades. "Vocês nem imaginam o esforço que fizemos para realizar essa formação, mas esse é um compromisso que assumi. Por onde ando as pessoas me cobram, sei que existe uma angústia muito grande. No meu primeiro ano de Governo, foram promovidos quase nove mil militares, vamos implantar o Raio em todas as regiões do Estado, criamos um Batalhão de Divisas. Com essa turma, já foram formados quase 1.400 policiais e quero aumentar esse número. Em breve, irei sancionar a Lei de Folgas e lançar o edital do concurso para mais de quatro mil vagas na Polícia Militar", disse.
O clima de união foi levado ao pé da letra pelo soldado Assis de Oliveira, que aproveitou a ocasião para pedir a namorada em casamento. "Esse momento é único na minha vida pois desde criança eu sonhei em ser soldado e encontrar uma pessoa que estivesse ao meu lado. Ela já está há algum tempo comigo, temos um filho, e quero seguir carreira na Polícia Militar ao lado dela. Sempre gostei de servir, ajudar, por isso resolvi ser policial e graças a Deus o governador Camilo Santana fez essa convocação", disse.
Já persistência é uma palavra que pode ser atribuída ao soldado Paulo Henrique Santos que, após uma longa jornada para alcançar o sonho, ele foi concretizado como um presente de aniversário. "Fiz o concurso em 2006, não passei nem desisti. Tentei de novo em 2008 e também não consegui. Mas neste passei em penúltimo na fase de classificação e, durante o curso, fiquei entre os três primeiros colocados. O dia de hoje para mim se torna ainda mais especial, pois me formo no exato dia do meu aniversário. Considero um milagre de Deus. Essa formatura representa muito para mim e, principalmente, para minha família que muito me apoiou. Foram muitos percalços e desafios ao longo desses anos, mas a honra e o orgulho de vestir a farda da Polícia Militar do Estado me deram a certeza de que tudo valeu a pena", conta.
A solenidade foi marcada por muita emoção por parte dos formandos, que foram acompanhados de familiares, muitos com os filhos vestindo o uniforme da Polícia Militar. O governador fez questão de cumprimentar um por um dos 279 soldados, que realizaram a tradicional marcha.
O secretário da Segurança do Estado, Delci Teixeira, deu as boas vindas aos novos soldados e reforçou a responsabilidade do trabalho que irão desempenhar. "Hoje os senhores estão numa posição muito importante que é garantir a segurança pública do Estado. Temos todo um planejamento e podemos dizer que o Ceará tem uma polícia eficiente, que tem apresentado bons resultados. Temos um governador que tem nos cobrado, exigido. Sabemos que temos muita coisa a fazer ainda, mas sinto que estamos no caminho certo. O sentimento é de gratidão a todos os envolvidos, devemos reconhecer o esforço. Sejam muito bem vindos e saibam que todo o comando da Polícia Militar já está planejando onde empregá-los já partir de amanhã. Tenho certeza que esse aporte vai nos ajudar bastante", disse.
Também estiveram presentes na solenidade o chefe da Casa Militar, Túlio Studart; a secretária de Políticas sobre Drogas, Aline Bezerra; a secretária executiva da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD); Socorro França; o deputado federal Cabo Sabino; o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque; os deputados estaduais Sérgio Aguiar, Zé Ailton Brasil e Capitão Wagner; os vereadores Márcio Cruz e Antônio Henrique; o Comandante da Polícia Militar do Estado, Coronel Giovani Pinheiro; o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, Coronel Heraldo Pacheco; o procurador geral do Estado, Juvêncio Vasconcelos; entre outras autoridades.
Treinamento
Os soldados recém-formados, 263 homens e 16 mulheres, passaram por sete meses de treinamento na Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE) e agora estão aptos ao policiamento ostensivo e preventivo das ruas. Durante o curso de formação, eles acompanharam aulas teóricas e práticas sobre o sistema de segurança pública no Brasil; atendimento em emergências médicas; ordem unida; tiro policial defensivo; direitos humanos; defesa pessoal; técnica policial militar e direção veicular aplicada à atividade policial militar, entre outras capacitações.
Os soldados também cumpriram 50 horas de estágio supervisionado, divididos em serviços internos na Academia e em unidades e subunidades da Polícia Militar, possibilitando conhecimento teórico e prático das ações empregadas no policiamento ostensivo geral. Todos os conteúdos trabalhados seguiram a matriz curricular da Secretaria Nacional de Segurança Pública e Defesa Social (SENASP/MJ), que prevê uma formação mais humanizada, com base nos direitos humanos e nos preceitos do estado democrático de direito, propiciando a formação de um profissional de segurança pública preocupado com as questões sociais e a resolução de conflitos. Segundo o governador Camilo Santana, a maior parte do efetivo vai reforçar a segurança na Região Metropolitana de Fortaleza e nos principais pontos críticos da capital.
Mais reforço
Esta é a quinta turma de novos soldados contemplados pelo último concurso público para ingresso na Polícia Militar do Ceará (PMCE). O certame, lançado em 2011, previa o preenchimento inicial de 1.000 (mil) vagas, mas a AESP já capacitou um total de 4.220 profissionais; divididos em cinco turmas, com 943, 1.097, 927, 974 e 279 soldados formados, respectivamente.
Atualmente, 993 novos profissionais de segurança pública passam por capacitação na Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE). São 190 oficiais da Polícia Militar, 35 oficiais do Corpo de Bombeiros, 210 delegados, 242 inspetores e 316 escrivães da Polícia Civil, que em breve reforçarão a segurança pública do Estado.

Agencia Brasil

Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário