Ads 468x60px

terça-feira, 8 de março de 2016

ELAS MERECEM: Judiciário cearense inicia programação para comemorar Dia Internacional da Mulher


O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) iniciou, nesta segunda-feira (07/03), programação para comemorar o Dia Internacional da Mulher – 8 de março. A abertura do evento foi feita pela chefe do Judiciário cearense, desembargadora Iracema Vale, e contou com a presença das desembargadoras Maria Vilauba Fausto Lopes, Sérgia Maria Mendonça Miranda, Tereze Neumann Duarte e Lisete de Sousa Gadelha.
De acordo com a presidente, quinze dentre 43 membros do Tribunal são mulheres, o que corresponde a 34% do total. Já em relação aos juízes, 151 dos 420 são mulheres, equivalendo assim a 35%. “Pode parecer um número pequeno para quem não o enxerga na minúcia. Mas é algo sem precedentes. Nunca o TJCE teve tantas desembargadoras atuantes. E pela segunda vez, nos seus 142 anos de história, uma mulher preside o Judiciário. Cabe a mim exercer essa nobre função”, destacou.
Segundo a desembargadora, ainda são poucas as mulheres em cargos de destaque no País. “Eu e minhas 14 colegas desembargadoras somos, infelizmente, exceção. Assim como o sexo feminino é minoria na política”, reconheceu.
A desembargadora Sérgia Miranda, que está à frente da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do TJCE, afirmou que “é bom aproveitar o momento para refletir sobre nossas lutas, conquistas e vitórias a fim de que o emponderamento feminino possa ser sempre objeto das nossas conquistas”.
Para a presidente da Comissão Estadual Judiciária de Adoção Internacional (Cejai) do Tribunal, desembargadora Lisete Gadelha, hoje existe uma conquista dos direitos e igualdades em relação aos homens. Para ela, “é importante ver a valorização da mulher como um ser multifacetário. Ela é mãe, é amiga, é esposa, trabalhadora e tudo isso requer tempo ou administração. O Tribunal está de parabéns fazendo esse lindo trabalho para todas as mulheres”, ressaltou.
A abertura do evento contou com apresentações do Coral do Tribunal, que cantou as músicas “Azul da cor do mar”, de Tim Maia; “João e Maria”, de Chico Buarque; e “Um dia de Domingo”, de Michel Sullivan. Na ocasião teve início a exposição “Frida Kahlo”, da artista plástica Emília Porto, que permanecerá exposta até a sexta-feira, dia 11.
As ações estão sendo promovidas pelo Tribunal, por meio da Assessoria de Cerimonial, em parceria com o Departamento de Saúde Ocupacional e Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar.
O Poder Judiciário programou uma série de atividades que serão realizadas entre os dias 7 e 11 de março, na sede Tribunal, voltadas ao público feminino.
PROGRAMAÇÃO
Na terça-feira (08/03), às 10h, será proferida a palestra “Nutrição Estética – elementos que enaltecem sua beleza”, com a nutricionista Cátia Ribeiro, na sala 1 do subsolo da Corte Judiciária. No mesmo local, às 14h, acontecerá uma roda de conversa com o ginecologista José Arnon dos Santos sobre “Parto Normal X Parto Cesariano – quais os benefícios de cada um?”. A partir das 15h, haverá a palestrá “Poderosa Mente Mulher”, com Manoel Carvalho e Raquel Alencar, no auditório Dom Aloísio Lorscheider.
Também acontecerão palestras na quinta-feira (10/03), às 15h, com o tema “Vencendo Limites”, por Raquel Alencar, e na sexta-feira (11/03), às 14h, com a psicóloga Clarissa Nobre, sobre “Violência contra a Mulher e Lei Maria da Penha: Compreendendo o seu direito a uma vida de paz”. As palestras serão realizadas no auditório Dom Aloísio Lorscheider e no 2º andar do Tribunal, respectivamente.
Durante a semana, acontecerão ainda cursos de maquiagem, tratamento de pele, hidratação facial e massoterapia no Palácio da Justiça, bairro Cambeba.
Também serão realizadas ações para o público feminino no Fórum Clóvis Beviláqua.
TJCE
Portal do Helvecio

0 comentários:

Postar um comentário