Ads 468x60px

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

ELEIÇÕES EM CAUCAIA 2016: Forças políticas de Caucaia se mobilizam para eleição de outubro

  
Pode chegar entre 8 a 15 pré-candidatos a Prefeito de Caucaia nas eleições de 2016. Entre eles um tauaense, Naumi Amorim, recém chegado no Partido da Mulher Brasileira, que espera contar com o apoio do Governador Camilo Santana e do ex-Governador Cid Gomes. Naumi Amorim, que fazia parte do PSL, hoje pertence ao grupo do Deputado Federal Domingos Neto(PMB).

Nomes como o do Dep. Danilo Forte, Secretário de Saúde de Caucaia Deuzinho Filho, Cel. Amarilio, Lia Gomes irmã do ex-Governador Cid e Ciro Gomes ex-Ministro, Paulo Guerra vice-Prefeito, Dep. Jose Airton Cirilo, além do grupo expressivo do ex-Deputado Gerardo Arruda, considerado um dos favoritos.

No último sábado, o Psol lançou a pré-candidatura de Daniel Gadelha para a prefeitura da cidade. Outros seis nomes devem disputar o cargo

A disputa eleitoral em Caucaia promete ser uma das mais acirradas em 2016. Pelo menos sete nomes são cotados como pré-candidatos no Município. No último sábado, o Psol deu início ao desenho da disputa, com a pré-candidatura de Daniel Gadelha. Diante do cenário, eleição deve ser resolvida em segundo turno.
O PSB, que se estrutura na cidade, prepara a candidatura do presidente da Câmara Municipal, Sílvio Nascimento. Além dele, podem entrar na disputa o deputado estadual Naumi Amorim (PMB), o vice-prefeito, Paulo Guerra (PDT), o deputado federal José Airton Cirilo (PT), dentre outros.
No lançamento da pré-candidatura, militantes do Psol criticaram a atual gestão, principalmente nas áreas da saúde, educação, preservação do meio ambiente e de terras indígenas. O partido pretende viabilizar também candidatura para o Legislativo. “Essa será uma disputa interessante em Caucaia, porque há disputa no meio das oligarquias. Nós podemos ser o diferencial”, afirmou o deputado estadual Renato Roseno (Psol).
Outra candidatura articulada em Caucaia é a do presidente da Câmara, Sílvio Nascimento. Encabeçada pelo presidente estadual do PSB e deputado federal, Danilo Forte, a pré-candidatura do vereador já teria apoio de seis vereadores, além de um arco de aliados oriundos da base eleitoral de Forte. O próprio deputado chegou a ser cotado como candidato no município e protagonizou troca de farpas com Lia Gomes, irmã dos ex-governadores Ciro e Cid Gomes.
Ano passado, Lia era cotada para a disputa, inclusive com o apoio do atual prefeito. No entanto, diante da pressão de outros aliados, Góis foi à Câmara anunciar que não apoiaria nenhuma candidatura. A estratégia de Washington foi seguida pela retirada da candidatura da médica.
Articulações
Outro possível candidato de peso no município é o deputado Naumi Amorim, que obteve a terceira colocação nas eleições de 2012. Recém-filiado ao PMB, ele busca apoio dos Ferreira Gomes e do governador Camilo Santana (PT), que têm pouca presença política no município. 

Com provável disputa em Fortaleza, PT e PDT podem estar em pólos opostos também em Caucaia. José Airton Cirilo já declarou interesse em ser candidato e chegou a transferir o domicílio eleitoral para Caucaia. Já o PDT deve apoiar candidatura do partido, com o vice-prefeito Paulo Guerra.
Outro aliado da atual gestão cujo nome é ventilado é o secretário da Saúde, Deuzinho Filho (PCdoB). Ele já chegou a ser o vereador mais votado do município, mas, em 2012, teve a candidatura indeferida por improbidade administrativa.
“Há muitos nomes expostos, mas com estrutura de campanha consolidada, base política e projeto para a cidade, não. Ainda está muito em aberto”, pontua Forte. Para o deputado, o atual prefeito está “totalmente omisso” dentro do quadro político-administrativo e não conseguiu mobilizar nenhuma candidatura da sua base, devido à sua rejeição. 
Além das figuras com tradicional peso político em Caucaia, como o ex-prefeito José Gerardo Arruda (PMDB), outros nomes são ventilados, como o do presidente da Cooperativa Esperança, Baiano Ximenes (Rede), do vereador Eduardo Pessoa (PRP), e do presidente do PTC de Caucaia, Hipólito índio, conhecido como Potim.
O pré-candidato do Psol, Daniel Gadelha, destaca a relação cotidiana com o município com oum dos aspectos principais da sua pré-candidatura . Para ele, potencial econômico de Caucaia atrai “forasteiros”.
 Jornal O Povo/Portaldohelvecio

 







0 comentários:

Postar um comentário