Ads 468x60px

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

RECORDE DE TEMPERATURA: 2015 foi o ano mais quente já registrado no planeta, confirma Nasa



O ano de 2015 foi o ano mais quente de toda a história - em 136 anos desde que houve os primeiros registros - informou nesta quarta-feira a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA, na sigla em inglês) dos EUA e a agência espacial Nasa.

Segundo a medição realizada pela NOAA, a temperatura média da Terra e dos oceanos em 2015 foi 0,90°C acima da média do século 20, a mais alta já registrada desde 1880. O recorde anterior, atingido em 2014, foi superado em 0,16°C.

O vídeo da Nasa abaixo mostra a tendência de aquecimento da Terra entre 1880 e 2015, em intervalos cinco anos. As cores alaranjadas representam temperaturas mais quentes do que a média 1951-1980, e as azuis representam as temperaturas mais frias do que a média.

Embora o ano de 2015 tenha sido o mais quente até agora já registrado, esta foi a quarta vez em 11 anos que a temperatura anual ultrapassou o recorde anterior.

"Está se tornando normal quebrar o recorde. É raro quando isso não acontece", disse a cientista do clima Katharine Hayhoeaid. Assim, é provável que este ano de 2016 também quebre o recorde e se torne o mais quente, de acordo com a Nasa.

Medições feitas pelo Japão e pela Universidade da Califórnia em Berkeley também confirmam que 2015 foi o ano mais quente já registrado.

A principal contribuição para a temperatura tão elevada, de acordo com as duas agências, foi a presença de um forte El Niño, fenômeno de aquecimento das águas do oceano Pacífico. Mas segundo os pesquisadores Gavin Schmidt, da Nasa, e Thomas R. Karl, da Noaa, mesmo se não houvesse o El Niño, ainda assim 2015 seria o mais quente porque segue um padrão de aquecimento que vem acontecendo nas últimas décadas causado pelas altas emissões de gases de efeito estufa que provocam as mudanças climáticas.

DN/PortaldoHelvecio

0 comentários:

Postar um comentário