Ads 468x60px

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Ilário Marques e Osmar Baquit: Parceria com participação de outros grupos pode selar grande acordo em Quixadá

 Dessa vez o ex-prefeito de Quixadá, Ilário Marques, atual presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) em Quixadá, não pretende dormir no ponto, como havia ocorrido nas últimas eleições, pela disputa do retorno ao cargo de gestor municipal. Na noite desta quarta-feira, 6, ele reuniu o diretório local do PT e principais aliados, para discutirem as alianças a serem formadas, principalmente com o grupo de outra liderança política da região, o deputado estadual Osmar Baquit.


Na reunião, realizada no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) desta cidade, Ilário Marques abriu espaço para todos os participantes após ressaltar que a aliança com o deputado Osmar Baquit e seu grupo ainda não está selada, embora o governador Camilo Santana já tenha demonstrado simpatia pela união. Hoje, Baquit, do Partido Social Democrata (PSD), é o secretário de Agricultura, Pesca e Aquicultura do Estado.

Ilário Marques pediu um voto de confiança, destacando a necessidade de todos esquecerem as mágoas, a disputa histórica com o grupo de Baquit. Ele aproveitou a oportunidade e citou outras lideranças para a aliança com o seu partido pela disputa ao governo municipal, dentre elas Cristiano Góes, Mônica Sousa, de João Paulo Furtado e de José Nilson Gomes, atual líder local do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

Apesar do desgaste do Partido dos Trabalhadores (PT) a nível nacional, em razão das crises política e econômica, enfrentadas atualmente pelo governo da presidente Dilma Rousseff, Ilário Marque aposta na sua experiência política e no legado deixado para Quixadá durante suas administrações, incluindo grandes obras, como a Universidade Federal do Ceará (UFC) e o campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), como demonstrações da sua competência.


Helvecio Martins

0 comentários:

Postar um comentário