Ads 468x60px

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Banco Mundial elogia execução de ciclofaixas em Fortaleza


Estudo realizado pela instituição avalia segurança viária dos municípios brasileiros. São Paulo e Brasília também foram citadas nos avanços
Um estudo feito pelo Banco Mundial elogiou a execução das ciclofaixas na cidades de Fortaleza, Brasília e São Paulo. Segundo os pesquisadores, a delimitação de áreas voltadas especificamente para ciclistas são exemplos de “boas práticas” viárias no país. De acordo com publicação da revista Época, o texto também recomenda que a velocidade nas vias municipais sejam limitadas de 30 a 40 km/h para proteger os pedestres. 

Intitulado “Avaliação Nacional da Capacidade de Gestão de Segurança Viária”, o estudo ainda não foi divulgado pelo Banco Mundial. O documento foi produzido pelo pesquisador australiano Soames Job, chefe do braço da organização que estuda a segurança dos transportes, o Global Road Safety Facility (Fundo Global de Segurança Viária). 

Em Fortaleza, desde 2014, o programa de expansão da malha cicloviária contou com incremento de 88% nas ciclovias e ciclofaixas. Hoje, são 137,5km de infraestrutura na Cidade.

Helvecio Martins


0 comentários:

Postar um comentário