Ads 468x60px

domingo, 10 de janeiro de 2016

Atenção jovens a procura de trabalho: CURSO de Informática é ainda mais importante nos currículos


Público jovem, nos dias de hoje, já consegue aprender sobre informática sem cursos, mas, para seleções, a documentação que estas empresas oferecem é vital 
As grandes empresas, desejo de consumo de grande parte dos estudantes, analisam criticamente todos os itens do currículo antes de optar por seu estagiário ou aprendiz e o curso de informática é item fundamental
Dominar o ''ABC'' da informática se tornou fundamental para quem quer conquistar um espaço no mercado de trabalho, independente da área de atuação. Atualmente, as empresas exigem do candidato um mínimo de conhecimento sobre o assunto. O fato é que muita gente sabe como manusear um computador. Na era virtual, é praticamente impossível alguém não possuir um e-mail, um perfil em alguma rede social, utilizar conexões wi-fi, 3G, 4G, smartphones, tablets e tantas outras formas de interatividade, o que torna essa nova mão de obra uma máquina de informações.
Segundo a pesquisa NetView, da Nielsen IBOPE de julho de 2015, o número de brasileiros que moram em domicílios com acesso a um computador com internet chegou a 96,1 milhões. Quando se considera todo o conjunto de pessoas com acesso ao computador com internet em casa ou no local de trabalho, o número é de 103,4 milhões. Dessas pessoas com acesso em domicílios ou no trabalho, 72,3 milhões foram usuárias ativas em julho, ou seja, usaram pelo menos uma vez no mês.
As estatísticas provam que o mercado está cada vez mais competitivo. Dessa forma, a mão-de-obra precisa ser qualificada de tecnologia. Para suprir a demanda, os cursos de informática auxiliam na capacitação, e, por meio dos certificados de extensão curricular, garantem credibilidade ao candidato que concorre a uma vaga no mercado.


Cursos de informática
Conhecer as principais ferramentas da informática, seus periféricos, softwares e acessórios utilizados no dia a dia são alguns dos assuntos abordados num curso de informática. Os cursos se destinam tanto a quem quer aprender uma profissão para entrar no mercado de trabalho, como também a quem já está empregado e precisa se qualificar para conseguir melhores oportunidades. Para atender a diferentes públicos, as escolas de informática profissionalizantes avaliam o perfil do interessado e o encaminham para um módulo específico. Aluna da S.O.S Educação Profissional, a microempresária Martha Santiago, 32, investiu num curso Office Avançado a fim de aprofundar os conhecimentos sobre as configurações e gerenciamento de sistemas operacionais. "Matriculei-me sem saber de nada sobre os pacotes Office e terminei como certificada Microsoft Office Specialist Master. Meu crescimento profissional foi inevitável: hoje trabalho com treinamentos e consultoria na área administrativa e apresento grandes habilidades para meus clientes", avalia.
d
A grande demanda vem do público mais jovem, garante Mário Maciel, diretor da Microlins sede Bezerra de Menezes. "Com as empresas sempre buscando os mais qualificados e inovadores, ao longo do tempo foi percebido que quanto antes começar, melhor será seu futuro profissional, então hoje, além dos públicos já tradicionais de alunos a partir de 20 anos, também temos um público muito expressivo de alunos entre 12 e 16 anos de idade".
O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), que auxilia estudantes de nível médio, técnico e superior a encontrarem oportunidades de estágio ou aprendizado, entende que as empresas buscam jovens que se comuniquem bem, que entendam de cálculo e finanças, que consigam redigir e interpretar pareceres e documentos, que dominem alguma língua estrangeira e, sobretudo, dominem o mundo tecnológico. Segundo Luiz Gonzaga Bertelli, presidente do Conselho de Administração do CIEE, os jovens devem estar preparados e atualizados para liderar novos projetos.
"Atualmente os cursos que abrangem conhecimentos de Windows, Pacote Office e Internet são a exigência mínima para se conquistar um emprego na área administrativa. Também é o conhecimento básico para realizar trabalhos da escola e faculdade. Em qualquer empresa em que se for iniciar um trabalho, vão exigir o domínio básico em informática", disse Bertelli.
As grandes empresas, desejo de grande parte dos estudantes, analisam criticamente todos esses itens antes de optar por seu estagiário ou aprendiz. E, na maioria das vezes, essas vias são a melhor forma de o jovem transformar-se em um profissional de sucesso.
Foi pensando nesses desafios, que o CIEE criou o programa gratuito de educação à distância, que visa capacitar os jovens para as exigências do mundo corporativo. Atualmente são 46 cursos gratuitos à disposição dos jovens no portal CIEE. Eles podem se matricular nos cursos em qualquer localidade que tenha acesso à internet. Mais de 2,5 milhões de matriculas já foram efetuadas, segundo o centro.
Um dos campeões de acesso é o curso de Excel, que o CIEE oferece em três modelos: Excel, Excel 2010 e Excel 2010 avançado. Ferramenta indispensável nas áreas administrativas das empresas, o programa ainda é uma dor de cabeça para muitos estudantes. Na área de informática, outros importantes cursos, bastante requisitados, são oferecidos, como Access, Power point, Internet e Outlook, Word e os sofisticados Flash I e II, Flash conceitos para jogos e Fundamentos de rede I e II.
A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Rede Cuca, oferta, durante este mês, cursos de qualificação tecnológica para jovens com idade entre 15 e 29 anos, de baixa renda e em condições de vulnerabilidade social. Entre as oportunidades, estão os cursos de desenvolvimento de sites, robótica educacional, informática aplicada, produção de vídeo para internet e desenvolvimento em programas de escritório. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas na sala de matricula de um dos três equipamentos municipais.
Rompendo os limites
Não existe tempo nem idade para estar conectado. Essa é uma preocupação latente das escolas de informática que também oferecem cursos para o público da melhor idade. O aposentado Nóbuo Macedo aproveitou o tempo livre para se reciclar. "Estudo há 3 meses estou aprendendo agora sobre informática e Windows 7. Sou aposentado, tenho 68 anos e gostaria de encontrar um emprego. Procurei o curso para uso pessoal do computador e para me atualizar".
Maciel, diretor da Microlins em Fortaleza, considera que ter um curso de informática agregado ao currículo profissional tornou-se uma exigência de mercado. "O ano de 2015 foi marcado pela dificuldade, com o comércio em baixa, o mercado de trabalho ficou mais exigente, selecionando pessoas qualificadas para o melhor resultado para suprir a necessidade do mercado. Então hoje um curso de Informática, se torna não mais um diferencial, e sim uma exigência para quem quer ter sucesso profissional".
curso de informática
Confira alguns locais para fazer curso de informática
Microlins Centro de formação Profissional
Endereço: Av. Bezerra de Menezes, 2136 - Farias Brito
Telefone:(85) 3288-3100
S.O.S Educação Profissional 
Endereço: Av. Des. Moreira, 3000 E - Aldeota
Telefone:(85) 3307-8989
Cursos EaD Gratuitos 
CIEE - Centro de Integração Empresa-Escola
Endereço: Av. Barão de Studart, 2360 - Dionísio Torres, 
Telefone:(85) 4012-7600
Senai 
Endereço: Condomínio do Edifício Casa da Indústria - Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota, Telefone:(85) 4009-6300
Senac
Endereço: Av. Tristão Gonçalves, 1245 - Centro,
Telefone:(85) 3270-5400 
Cuca Barra
Endereço: Av. Presidente Castelo Branco, 6417 - Barra do Ceará
Contato: (85) 3237.4488 e 3237.4223
Cuca Jangurussu
Endereço: Av. Castelo de Castro com Av. Gov. Leonel Brizola )
Contato: (85) 3444.6201 / 6202 / 6249
Cuca Mondubim
Endereço: Rua Santa Marlúcia, s/n - Mondubim
Contato: (85) 3499.0019 / 0018 / 0017

Diário do Nordeste
Helvecio Martins

0 comentários:

Postar um comentário