Ads 468x60px

domingo, 29 de novembro de 2015

Aumento da rejeição de Lula é o ponto que mais preocupa PT em pesquisa


Avaliação feita por integrantes da cúpula do PT ao blog há pouco mostra que o aumento da rejeição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o ponto que mais preocupa na pesquisa Datafolha divulgada hoje à tarde.
Pela pesquisa, a rejeição de Lula é de quase metade dos eleitores, atingindo 47%. Para o PT, dois fatores contribuem para uma rejeição tão elevada: o agravamento da situação econômica e os desdobramentos da operação Lava Jato, que tem atingido políticos importantes do Partido dos Trabalhadores, como o senador Delcídio do Amaral (PT-MS), preso nesta semana.
Também preocupa o PT o fato do ex-presidente Lula ter entrado na órbita das operações Lava Jato e Zelotes. Essa semana também foi preso o pecuarista José Carlos Bumlai, amigo de Lula. Para petistas, é preciso tentar blindar o ex-presidente Lula, reconhecido como a principal liderança no partido. Para o PT, Lula é visto como o nome mais forte na disputa de 2018.
A pesquisa Datafolha também aponta que, em quatro cenários de disputado presidencial, Lula teria dificuldades em voltar ao Palácio do Planalto. Se a eleição fosse hoje, ele perderia para o tucano Aécio Neves, em primeiro e segundo turno, e também perderia em segundo turno para Geraldo Alckmin e Marina Silva.
“Isso mostra que a rejeição ao governo Dilma já contamina a liderança de Lula. É preciso o governo reagir na economia para voltar a recuperar a popularidade. Caso isso não aconteça, já enfrentaremos dificuldades na eleição de 2016”, reconheceu ao blog um integrante da executiva do PT.

Antes mesmo do resultado desta pesquisa, levantamentos que petistas tiveram acesso já indicavam aumento da rejeição do ex-presidente Lula. Por isso, nas últimas semanas, houve uma mudança na estratégia de Lula. Ele passou a participar com mais frequência de eventos, a fazer discursos e até mesmo retomou a agenda de entrevistas. A reação de Lula visa recuperar espaço em 2018 e evitar ser atingido pela desaprovação ao governo Dilma e pelos escândalos de corrupção investigados pela Polícia Federal
Blog do Gerson Camarotti

0 comentários:

Postar um comentário