Ads 468x60px

Featured Posts

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

BOMBAMAN: Ameaça de Cunha gera apreensão entre antigos aliados

O tom de ameaça de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em entrevistas recentes gerou um clima de apreensão entre os próprios aliados do deputado cassado. O tom adotado pelo peemedebista desde a primeira entrevista depois da cassação incomodou até mesmo integrantes da bancada do PMDB e de partidos do Centrão. Independentemente da veracidade das afirmações de Cunha, a constatação é que isso criará problemas políticos em qualquer circunstância. 

O temor é que Cunha relate fatos no livro que diz estar escrevendo que criem constragimento. Além disso, existe a preocupação com que ele possa aderir a um acordo de delação premiada em momento de desespero com o avanço da investigação da Lava jato. 

A avaliação entre aliados é que Cunha não escapará da prisão quando o caso for parar nas mãos do juiz Sérgio Moro. Em conversas reservadas, Cunha tem citado nomes de antigos aliados que o abandonaram nesta reta final do processo de cassação. Ele tem mencionado, inclusive, integrantes do núcleo do governo.

“Se o Cunha tiver algo pra contar, que fale logo. O que não dá é pra continuar chantageando”, desabafou ao Blog um deputado peemedebista que integrou a tropa de choque de Cunha durante quase todo o processode de cassação.

Portal do Helvecio
Leia Mais...

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

SEGUNDA PESQUISA IBOPE JUAZEIRO DO NORTE: Arnon cresce e esta a 11% do segundo colocado Gilmar Bender

A informação é extra oficial. Mas grande parte da imprensa do Cariri ja esta publicando os números da segunda rodada de pesquisas para Prefeito de Juazeiro do Norte. O Deputado Federal, Arnon Bezerra(PTB), cresceu e ja desponta como favorito para conquistar uma grande vitória.

Os números que estão sendo publicados mostra os seguintes resultados: Arnon Bezerra(PTB) com 37%, Em seguida vem o empresario Gilmar Bender(PDT) com 26%. O terceiro colocado é o atual Prefeito Raimundão(15) com 16%. E na quarta colocaçao aparece o radialista Normando Sorácles(PSDB) com 12%.

Os números oficiais sairão nessa quinta-feira e isto está causando grande espectativa em Juazeiro do Norte. Vamos aguardar

Portal do Helvecio
Leia Mais...

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Justiça Eleitoral da 33ª Zona Indeferi pedido de registro de candidatura de Celso Crisóstomo candidato a Prefeito de Canindé.


Ante ao exposto, JULGO PROCEDENTES as IMPUGNAÇÕES e a NOTICIA DE INELEGIBILIDADE, e reconheço a INELEGIBILIDADE do Impugnado, FRANCISCO CELSO CRISÓSTOMO SECUNDINO, ao teor do que dispõe o art. 1º, inciso I, alíneas ¿c” e “g” , da Lei Complementar nº 64/1990, com redação dada pela Lei Complementar nº 135/2010, em razão de se encontrar cassado pelo Decreto Legislativo nº 06/2015, da Câmara Municipal e Canindé, bem como pelo fato da desaprovação da prestação de contas referentes aos exercícios de 2002 e 2003, respectivamente, em relação a gestão do FUNDEB e Secretaria Municipal de Educação de Canindé, cujas contas foram julgadas IRREGULARES pelo TCM/CE., nos termos do art. 13, inciso III, letra “b”, da Lei Estadual nº 12.160/93e, com a aplicação de MULTAS, Acórdãos 5566/2013 e 4812/2009, ato contínuo, INDEFIRO o pedido de registro de candidatura de FRANCISCO CELSO CRISÓSTOMO SECUNDINO, pelo Partido dos Trabalhadores – PT, com o nome CELSO CRISÓSTOMO, número 13, para concorrer ao cargo de Prefeito na eleição de 2016, no Município de Canindé/CE., DECLARANDO-O INELEGÍVEL.


Em face da inaptidão do candidato ao cargo de Prefeito, FRANCISCO CELSO CRISÓSTOMO SECUNDINO, óbice que não atinge o candidato a Vice Prefeito, ante a regularidade da sua documentação, DEFIRO a candidatura de JOSÉ CLERTON MAGALHÃES BEZERRA, ao cargo de Vice Prefeito e INDEFIRO O REGISTRO DA CANDIDATURA DE FRANCISCO CELSO CRISÓSTOMO SECUNDINO ao cargo de Prefeito e, com fulcro no art. 49, caput, e Parágrafo Único da Resolução TSE nº 23.455/15 e no princípio da indivisibilidade das chapas, INDEFIRO O REGISTRO DA CHAPA MAJORITÁRIA da COLIGAÇÃO PELO BEM DE CANINDÉ.

Diante do teor do art. 49, Parágrafo Único, da Resolução TSE nº 23.455/15, poderá o candidato ou a coligação, por sua conta e risco, recorrer da decisão ou, desde logo, indicar substituto em relação a candidatura que foi considerada apta.

Proceda-se ao lançamento no Sistema de Candidaturas.
Registre-se. Publique-se. Intime-se.
Após o trânsito em julgado, arquive-se.
Canindé (CE), 12 de setembro de 2016
Bel. Antonio Josimar Almeida Alves
Juiz de Direito – 33ª Zona Eleitoral

FONTE: TRE-CE

Portal do Helvecio
Leia Mais...

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Temer sanciona prorrogação do Mais Médicos por mais três anos

O presidente Michel Temer sancionou a lei que prorroga a dispensa de diploma para médicos estrangeiros e brasileiros formados no exterior. A legislação foi aprovada no fim de agosto na Câmara dos Deputados e no Senado, e estende por mais três anos o prazo no âmbito do programa Mais Médicos.

Com o texto, profissionais intercambistas que participam do programa continuarão dispensados da validação dos diplomas de medicina e também vão continuar com direito ao visto temporário. Com a sanção, a nova lei será publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (13).

A prorrogação provém de uma medida provisória enviada ao Congresso em abril pelo governo federal.

Portal do Helvecio
Leia Mais...

E QUEM COM FERRO FERE: Câmara cassa mandato de Eduardo Cunha por 450 votos a 10

                                         ADEUS QUERIDO E AGORA É A PRISÃO
O plenário da Câmara cassou nesta segunda-feira (12), por 450 votos a favor, 10 contra e 9 abstenções, o mandato do ex-presidente da Casa deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Eram necessários 257 votos para a cassação.
A cassação foi motivada por quebra do decoro parlamentar. O deputado foi acusado de mentir à CPI da Petrobras ao negar, durante depoimento em março de 2015, ser titular de contas no exterior.
Na sessão desta segunda, o advogado de Cunha e o próprio deputado foram à tribuna da Câmara para apresentar a defesa. Eles reafirmaram que Cunha não tem contas no exterior.

Com a decisão do plenário, Cunha, atualmente com 57 anos, fica inelegível por oito anos a partir do fim do mandato. Com isso, está proibido de disputar eleições até 2026. Assim, ele só poderá se candidatar novamente aos 67 anos.
Além disso, perderá o chamado "foro privilegiado", isto é, o direito de ser processado e julgado somente no Supremo Tribunal Federal (STF). Com isso, os inquéritos e ações a que responde na Operação Lava Jato deverão ser enviados para a primeira instância da Justiça Federal.
Caberá ao próprio STF definir se esses inquéritos e ações serão enviados para o juiz Sérgio Moro, que conduz a Lava Jato no Paraná, ou para outro estado onde possam ter ocorrido os supostos crimes imputados ao agora ex-deputado.
Cassados
Desde novembro de 2013, quando uma emenda constitucional acabou com o voto secreto nos processos de cassação de parlamentares, perderam o mandato, além de Cunha, os deputados André Vargas (sem partido-PR) e Natan Donadon (sem partido-RO). Antes deles, tinham sido cassados Pedro Correa (PP-PE), José Dirceu (PT-SP), Roberto Jefferson (PTB-RJ) e André Luiz (sem partido-RJ).
Dez meses
A votação desta segunda ocorreu dez meses após o início do processo ao qual Cunha respondeu. Desde novembro do ano passado, quando o caso foi aberto no Conselho de Ética, o andamento sofreu diversas reviravoltas, por recursos da defesa e manobras de aliados.

Relator
Ao falar no plenário nesta segunda-feira, o relator do caso, deputado Marcos Rogério (DEM-RO), voltou a dizer que o peemdebista é dono e beneficiário de contas na Suíça. Segundo Rogério, Cunha omitiu ter milhões de dólares no exterior para esconder a prática de crimes, como evasão de divisas e recebimento de valores indevidos.
Em sua defesa, Cunha sempre negou ser o titular de conta fora do país, mas diz apenas ser o beneficiário de recursos geridos por trustes (empresas que administram fundos e bens).

Para o relator, há "provas incontestes" de que os trustes dos quais Cunha alega ser apenas o beneficiário, são "meros instrumentos para dissimular evasão de divisas, a lavagem de dinheiro e o recebimento de propina".
G1
Portal do Helvecio
Leia Mais...